Códigos do macOS Sierra indicam que novos Macs virão com portas USB mais velozes

Por Redação | 25 de Agosto de 2016 às 08h22

Exceto o MacBook de 12 polegadas, que ganhou uma atualização há alguns meses, os demais computadores da Maçã estão sem receber grandes novidades há um certo tempo. Mas, apesar de a Apple ainda não ter anunciado os novos MacBook Pro, Air, Mac Mini ou iMac, foram descobertos códigos no macOS Sierra que indicam que a nova versão do sistema operacional terá suporte para a conectividade USB 3.1 geração 2, que também é conhecida como SuperSpeed+ USB.

SuperSpeed  USB no macOS Sierra

Trecho do código-fonte do macOS Sierra que mostra o suporte para a SuperSpeed+ USB (Reprodução: 9to5Mac)

Essa tecnologia permite transferir dados em velocidades de até 10Gbps - o dobro da capacidade da primeira geração do USB 3.1, que está presente em quase todos os Macs vendidos atualmente com o OS X El Capitan, produzidos desde 2015.

O trecho pode não parecer muita coisa à primeira vista, mas é um grande indicativo de que os futuros Macs trarão melhorias em sua capacidade de hardware, o que é aguardado pelos usuários e fãs da Maçã, que também esperam ver novas portas USB-C suportando a terceira geração da Thunderbolt. Essa nova geração é capaz de suportar a Thunderbolt 3 com sua velocidade máxima de transferência de 40Gbps, além da segunda geração da USB 3.1 e da DisplayPort 1.2 - tudo isso em uma única porta USB-C, que também tem capacidade de prover energia para monitores externos 4k ou até mesmo 5k.

Fonte: 9to5Mac

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.