Irlanda receberá da Apple mais de 13 bilhões de euros em impostos atrasados

Por Redação | 05 de Dezembro de 2017 às 15h59
divulgação
Tudo sobre

Apple

A União Europeia prosseguiu com ações para obrigar alguns países que a integram a rever benefícios fiscais ilegalmente concedidos a empresas do ramo de tecnologia. No início de outubro de 2017, Luxemburgo foi pressionado pela UE a cobrar da Amazon mais de 250 milhões de euros em impostos não pagos. Agora foi a vez da Irlanda ser coagida a fazer o mesmo com a Apple.

O governo irlandês receberá mais de 13 bilhões de euros da empresa de Cupertino por imposição da União Europeia, quantia que supera um quinto de toda a receita pública do pequeno país. Segundo a Bloomberg, o valor supera inclusive os investimentos do orçamento público em saúde.

Entretanto, a Irlanda não está contente com o acordo. Parte importante de sua economia são os atrativos fiscais às empresas de tecnologia e afins, de forma que a imposição da UE pode significar uma diminuição nos investimentos recebidos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além de pressionar a Irlanda e Luxemburgo a cobrar os impostos acumulados, a União Europeia está coagindo também a Holanda e a Bélgica a fazerem o mesmo dentro dos próximos meses.

Fonte: The Wall Street Journal

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.