Siga o @canaltech no instagram

Elon Musk é processado por investidores da Tesla por “tuítes não controlados”

Por Rafael Arbulu | 11 de Março de 2019 às 10h10
Tudo sobre

Tesla

Saiba tudo sobre Tesla

Ver mais

Elon Musk está, mais uma vez, em meio a problemas judiciais: embora este não seja o maior dos seus problemas com a legislação comercial dos EUA, um grupo de investidores da Tesla abriu processo contra o CEO da empresa alegando que seus negócios foram “feridos” pelos tuítes do executivo. Especificamente, a ação cita um tuíte de Musk afirmando que a fabricante automotiva pretende “fazer cerca de 500 mil carros” em 2019.

Não há informações de qualquer pedido de compensação financeira ou, no pior cenário, da remoção de Musk do comando da Tesla. Contudo, o grupo em questão alega que os tuítes sem veto prévio à publicação, feitos pelo CEO, ferem os negócios da empresa e, consequentemente, de seus investidores. Eles buscam por garantias de que isso não aconteça de novo.

As ações de Elon Musk nas redes sociais vêm rendendo dores de cabeça a ele e à Tesla: um novo processo contra o CEO por conta de tuítes foi movido por grupo de investidores da empresa

Não é a primeira vez que o Twitter coloca Musk sob fogo com a justiça americana: ao final de 2018 e neste primeiro trimestre de 2019, Elon Musk viu a SEC (Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos) pedir explicações nas cortes sobre afirmações feitas no perfil oficial do CEO. Em setembro do ano passado, ele foi processado pelo órgão após indicar um possível fechamento de capital da empresa. Tal processo rendeu um acordo que o viu removido da liderança do conselho diretivo da Tesla, embora ainda permanecesse como CEO. Ao final de fevereiro, a mesma SEC pediu a um juiz que tratasse Musk como uma testemunha hostil e prestasse esclarecimentos sobre o novo tuite (dos “500 mil carros”).

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Tesla não quis comentar nenhuma das situações expostas.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.