Estudo da Apple aponta motivo do Android seguir na liderança no mercado móvel

Por Redação | 14.08.2012 às 16:23 - atualizado em 14.08.2012 às 17:32

Em mais um capítulo da batalha judicial entre Apple e Samsung, a empresa sul-coreana revelou uma pesquisa interna da Apple sobre o motivo de alguns clientes preferirem comprar um aparelho Android ao invés de um iPhone. Os resultados mostram que a maioria não queria se desfazer dos seus planos e da sua operadora.

O estudo foi feito apenas com base no mercado norte-americano e publicado internamente em janeiro de 2011. Quarenta e oito por cento dos entrevistados em 2010 - três anos depois do lançamento do primeiro iPhone - afirmaram que deixaram de comprar o smartphone da Apple, pois "queriam ficar com o seu atual provedor de internet wireless".

De acordo com o SlashGear, 36% dos entrevistados afirmaram que confiam na plataforma do Google e outros 30 por cento disseram que preferem aparelhos móveis com telas maiores.

Além disso, o levantamento ainda mostra que 27% das pessoas consultadas se sentem mais familiarizadas com os aplicativos disponíveis no Google Play e 26% adquiriram um Android para ter mais integração com os serviços de busca, mapas e documentos do Google.

A Samsung decidiu revelar os dados da pesquisa para mostrar que a alegação de plágio da Apple não procede, já que muitos consumidores preferiram os aparelhos Android ao iPhone não por eles terem aspectos em comum no seu design.

Segundo o CNET, com os resultados do estudo, a Apple passou a acrescentar novas funcionalidades ao seu smartphone, que permitem que o usuário utilize os mesmos recursos de comunicação como, por exemplo, o Facetime em qualquer operadora.

Samsung vs Apple

Vinte e sete por cento dos entrevistados afirmaram que preferem os aplicativos do Google Play