Apple afirma que a Samsung causou um 'dano irreversível' ao iPhone

Por Redação | 24 de Setembro de 2012 às 10h11

A disputa entre a Samsung e a Apple parece estar muito longe de se encerrar. Na última semana, a Apple voltou as tribunais norte-americanos para exigir que a Samsung lhe pague uma quantia maior pelos danos considerados 'irreversíveis' que ela causou ao iPhone.

Em agosto, a empresa de Cupertino ganhou o caso contra a Samsung sobre quebra de patentes na corte norte-americana. Com isso, a companhia sul-coreana foi condenada a pagar US$ 1 bilhão (R$ 2 bilhões aproximadamente) por danos.

De acordo com o TechRadar, a Apple agora quer que a Samsung lhe pague mais US$ 707 milhões (cerca de R$ 1,4 bilhões) por ter causado sérios danos à identidade do seu principal produto, o iPhone. "A Samsung colheu recompensas extraordinárias de sua venda ilegal de clones de iPhone e iPad, tomando participação de mercado, receitas e lucros da Apple", afirmou a empresa de Cupertino.

Samsung vs apple

A Samsung solicitou um novo julgamento à corte norte-americana

A Samsung, por sua vez, não está contente com a decisão judicial de agosto deste ano e muito menos com o novo pedido da Apple. Por isso, a companhia solicitou um novo julgamento à corte alegando que não foi tratada de forma justa durante o processo.

"Restrições da corte sobre o tempo do julgamento, testemunhas e provas foram sem precedentes para um caso de patente desta complexidade e magnitude, e impediram a Samsung de apresentar um caso completo e justo, em resposta a muitas reclamações da Apple', afirmou a sul-coreana à BBC.

A Samung afirmou na última semana que irá incluir o iPhone 5 em um novo processo de quebra de patentes que está movendo contra a Apple.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.