Pokémon Go com ARKit se torna ainda mais real; confira o vídeo

Por Redação | 09 de Junho de 2017 às 16h58
photo_camera PaintImpact/Flickr

Durante a WWDC deste ano, a Apple anunciou que o ARKit, seu novo conjunto de tecnologias para Realidade Aumentada, será lançado junto com o iOS 11. Ao longo da apresentação da plataforma, a Maçã mostrou a aplicação da novidade em Pokémon GO, demostrando como o ARKit pode ajudar os desenvolvedores a criar experiências AR mais imersivas e mais realistas.

Como pode ser visto no vídeo a seguir, o sistema inclui perspectiva, mudando ângulos e a orientação das criaturas no jogo. Com a tecnologia, os Pokémon não ficam flutuando, e sim fixados nas superfícies do ambiente, o que dá, de fato, uma impressão mais real para o jogo. Apesar da Apple ainda não ter compartilhado todos os detalhes sobre a ARKit, já se sabe que a tecnologia funcionará sem marcadores visuais, sendo capaz de detectar superfícies como chão, mesa, prateleiras, etc.

Além disso, a ARKit também fornecerá informações, estimativas de escala, melhor movimento e rastreamento da posição do jogador, oferecendo experiência mais imersiva ao usuário. O sistema, ainda, faz uso do sensor da câmera dos smartphones para estimar a quantidade de luz disponível no ambiente, aplicando a quantidade certa de iluminação para os objetos virtuais. Confira o vídeo.

De acordo com as informações, a ARKit provavelmente se tornará a maior plataforma de AR do mundo, já que depende apenas de um processador A9 ou A10. Isso significa que qualquer iGadget melhor do que um iPhone 6s ou SE será capaz de executar a novidade. Outro ponto positivo é que os usuários do Android não serão excluídos, já que vários projetos de código aberto já estão sendo desenvolvidos para o sistema operacional do Google.

Via Pokemongohub

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.