Publicidade

iOS atualiza e corrige bug que restaurava nudes deletados do iPhone

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 20 de Maio de 2024 às 16h19

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech

A Apple disponibilizou a atualização 17.5.1 do iOS para iPhone que promete acabar com um problema que fazia fotos excluídas retornarem ao álbum do usuário. Publicações em plataformas como o X (antigo Twitter) e Reddit destacam a dor de cabeça, especialmente em casos com imagens íntimas de anos atrás ressuscitadas do mais absoluto nada. Felizmente, é provável que isso pare de ocorrer a partir de agora.

Apple afirma que resolveu o problema

O update foi liberado nesta segunda-feira (20) e, de acordo com as notas da atualização, resolve a situação.

Continua após a publicidade

“Esta atualização apresenta correções de erros importantes e aborda um problema incomum que fazia com que as fotos corrompidas no banco de dados pudessem reaparecer na fototeca do app Fotos, mesmo se apagadas”, explica a Apple. A boa notícia é que o update — que pesa 802 MB — já está disponível no Brasil.

Bug surgiu depois da atualização 17.5 do iOS

O primeiro relato do bug da ressurreição de fotos deletadas surgiu no Reddit pelo recém-removido post do usuário “Specialist-Fix8528”, que descreveu o “desconforto” de rever imagens íntimas que pensava ter se livrado. “[As fotos] foram excluídas permanentemente anos atrás, mas magicamente estão de volta”, apontou o usuário. “Verifiquei meu iPad e ele também tem fotos (alguns trabalhos de arte que fiz anos atrás). Eu me sinto tão desconfortável”, finalizou a publicação.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Além disso, uma publicação no X do usuário @Isaac_Kea também mostrou a situação no mínimo chata. A postagem apresenta um print do iPhone com diversas imagens pessoais — borradas pelo autor — e um claro descontentamento por parte do dono. “Isso simplesmente surgiu do nada. Esta deve ser a pior experiência de software de todos os tempos. Achei que a Apple tinha um sistema operacional sólido, desde o iOS 16 tem sido uma bagunça”, destaca o texto.

O problema surgiu de forma repentina e fazia com que fotos excluídas voltassem para a galeria do iPhone como se tivessem sido tiradas recentemente. O pior é que as figuras eram enviadas para o serviço iCloud e, consequentemente, davam as caras em outros dispositivos com contas conectadas.

Para evitar que terceiros acessem fotos e outras informações pessoais de seu iPhone, vale conhecer dicas para tornar o aparelho mais seguro.