Apple libera compra universal de apps entre macOS, iOS, tvOS, iPadOS e watchOS

Por Rubens Eishima | 24 de Março de 2020 às 09h53
Apple

A Apple anunciou em seu portal para desenvolvedores que versões de aplicativos para macOS agora podem ser incluídos na compra universal de apps. Com o anúncio, os desenvolvedores podem vender um app cuja compra será válida não apenas no sistema para desktops e notebooks, mas também no iOS, iPadOS, watchOS e tvOS.

A iniciativa tinha sido apresentada na conferência WWDC de 2019 com o nome de “Project Catalyst” e, a princípio, tratava-se da adaptação de apps do iOS para os computadores da Apple. Em fevereiro, a empresa anunciou que os apps para macOS poderiam ser distribuídos como um único produto junto com as versões para dispositivos móveis.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A medida vale não apenas para os aplicativos em si, mas também para as compras realizadas dentro dos apps. Antes de valer, no entanto, o desenvolvedor precisa configurar seu app para ativar a opção. Para isso, basta usar o App Store Connect para criar uma nova listagem de aplicativo ou incluir a nova versão em um app já existente.

A Apple destaca que, uma vez ativada a compra universal, o processo não pode ser desfeito, tampouco uma única versão do aplicativo poderá ser removida. Outro ponto listado pela Apple é que apps com a opção de compra universal podem fazer parte de pacotes de apps e que as suas diferentes versões não contam para o limite de 10 por pacote.

Fonte: Apple

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.