YouTube encerra transmissão ao vivo de 13 mil horas por engano

Por Felipe Junqueira | 25 de Fevereiro de 2020 às 15h15
Reprodução
Tudo sobre

YouTube

Saiba tudo sobre YouTube

Ver mais

O YouTube derrubou por engano um canal que transmitia um vídeo ao vivo há mais de 13.000 horas. O vídeo lofi hip hop radio - beats to relax/study to foi tirado do ar junto com todo o conteúdo do canal ChillCow por violação nos termos de uso da plataforma, apesar de não ter havido nenhuma transgressão feita pelo perfil.

Ao questionar a suspensão da conta, o ChiledCow recebeu um pedido de desculpas do YouTube no Twitter, com o aviso de que o canal já havia sido restabelecido. A transmissão que já somava mais de 541 dias, no entanto, se perdeu: está disponível na lista de vídeos, mas não pode mais ser acessada.

Vídeo "lofi hip hop raio" transmitiu por aproximadamente um ano e meio o mesmo GIF, mas com músicas diferentes (Foto: Reprodução)

O vídeo permaneceu mais de 13.165 horas, durante as quais uma menina permaneceu sentada à mesa, concentrada nos estudos. A ideia do vídeo é transmitir músicas de relaxamento e que ajudem quem quer estudar a manter a concentração. Nas redes sociais, houve brincadeiras com a situação da menina, que estudou por um ano e meio e sequer fez as provas. A transmissão somou mais de 218 milhões de visualizações.

O ChilledCow já começou uma nova transmissão, usando a mesma animação em looping da menina sentada à mesa, estudando, com um fone de ouvido, e músicas no estilo hip hop lo-fi. O desenho é de um GIF do estúdio de animação Ghibli.

De acordo com o Verge, o ChilledCow, que funciona no mesmo esquema do Chillhop Records e que também teve a conta supensa de maneira parecida em 2018, opera em uma espécie de área cinza dos termos do YouTube. Mas ambos usam músicas que obtiveram permissão do artista ou que tenham sido gravadas em suas próprias gravadoras. Mesmo assim, infelizmente isso não impede que qualquer um faça pedido para derrubar os canais.

Fonte: Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.