Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Quem é Lola Beltrán, artista mexicana homenageada pelo Google

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 07 de Março de 2024 às 09h04

Link copiado!

Reprodução/Google
Reprodução/Google
Tudo sobre Google

O Doodle do Google desta quinta-feira (7) homenageia os 92 anos do nascimento da cantora e atriz mexicana Lola Beltrán. A artista é lembrada por popularizar tanto a ranchera quanto o huapango, gêneros musicais tradicionais do México baseados em folclore rural. A arte da Gigante de Buscas destaca o estilo enigmático da intérprete, com seus brincos enormes e cores marcantes em uma figura animada.

Quem é Lola Beltrán?

Nascida em 7 de março de 1932 no município de El Rosario, no México, María Lucila "Lola" Beltrán Ruiz cresceu em uma família da classe trabalhadora e frequentava a igreja desde cedo, onde cantava frequentemente.

Continua após a publicidade

Já adulta, mudou-se com sua mãe para a Cidade do México, mas continuou a visitar sua cidade natal. Trabalhou como secretária na estação de rádio XEW, e lá foi descoberta pelo locutor de rádio Raul Mendivil, que lhe deu uma chance de se tornar cantora profissional.

Em 1954, Lola fez seu primeiro trabalho como atriz no longa-metragem El águila negra en el tesoro de la muerte, filme de faroeste com um herói que ajuda pessoas de cidades pequenas. Nos anos seguintes, a atriz participou de outras produções, até que em 1973 entrou para o elenco da novela Mi Rival, produzida pela Televisa.

Além disso, Beltrán se destacou em sua carreira por canções do gênero ranchera e huapango, estilos que aparecem frequentemente em bandas Mariachi. A artista fez shows em diversos países, como França e União Soviética, e cantou para líderes mundiais, como o presidente francês Charles de Gaulle, o Rei da Espanha Juan Carlos da Espanha, a Rainha Elizabeth II do Reino Unido e os presidentes dos Estados Unidos Dwight D. Eisenhower, John F. Kennedy, Lyndon B. Johnson e Richard Nixon.

Após uma carreira com mais de 40 filmes e cerca de 100 álbuns, Lola Beltrán faleceu em 24 de março de 1996, mas deixou um legado inigualável na arte mexicana.

Continua após a publicidade

Homenagens do Doodle

Essa é mais uma homenagem a uma artista que fez a diferença durante sua carreira. Há quem diga que se não fosse por Lola Beltrán, o gênero ranchera jamais teria alcançado a popularidade que tem atualmente.

É muito comum ver o Doodle do Google homenagear grandes nomes que marcaram a história, como a artista plástica nipo-brasileira Tomie Ohtake, uma das grandes representantes do abstracionismo informal, com pinturas e esculturas diferenciadas. Outro homenageado que vale a atenção é o escritor James Baldwin, que foi precursor na discussão de temas como sexualidade e justiça social.