Por que tão sério? Confira as páginas que costumamos ver para dar aquela risada

Por Rafael Arbulu | 02 de Agosto de 2020 às 11h00
(Montagem: Rafael Arbulu/Canaltech)

Como você está? Isolado? Se cuidando? A gente te entende: ficar preso em casa de forma forçada com uma pandemia solta lá fora é uma necessidade, mas isso causa um impacto negativo no humor de todo mundo — no nosso aqui do Canaltech também, claro. Já dissemos aqui na redação: “o que mais sinto falta nesse isolamento é o meu direito de ficar em casa de propósito”.

Muitas sugestões de pauta que recebemos em nossos e-mails envolvem questões relacionadas à saúde mental e à bagunça que isso provoca em nosso temperamento. E como boa parte desses comentários recomenda o riso como uma solução plausível, o Canaltech resolveu compilar páginas e perfis que têm ajudado bastante a “segurar as pontas” nas nossas horas fora do batente, com muito humor e altas risadas — ou apenas boas sacadas, mesmo que seja somente a sensação de satisfação ao assistirmos àquele vídeo bonitão.

Afinal, todos precisamos de um tempo de inatividade para relaxar. E vale sempre lembrar: se a quarentena está colocando você mais para baixo do que se espera, não pense duas vezes antes de procurar ajuda. Converse com algum especialista, entre em contato com grupos, páginas e organizações dedicadas ao auxílio psicológico e, principalmente, dialogue com amigos e familiares. Ninguém quer te ver sofrendo, ok?

Vejam as páginas que nossa equipe costuma seguir para rir alto na frente da tela:

Claudio Yuge, editor de conteúdo

Gosto de Bebedouro's Avaliação, por conta da inutilidade engraçada; e de Obras de Arte Brisando nas Drogas, porque o pessoal abusa do humor nonsense e pastelão. Ambas trazem aquele riso do "tão ruim que é bom" no Facebook.

Daniele Cavalcante, redatora

Fico mais pelo Twitter, onde acompanho o perfil Perfectly cut screams. Essa conta mostra vídeos curtos, geralmente com alguma desgraça acontecendo, cortada no momento do grito da vítima. Ótimo para quem não quer ler nada durante a insônia e garante boas gargalhadas.

Outro perfil que gosto bastante é o Paulo Moreira, um dos meus autores de tirinhas favoritos. Tem diversas séries para acompanhar, como a Turma da Mosquinha e as tirinhas dos planetas do sistema solar. Humor simples e divertido, com uma personalidade única que é a marca registrada do artista.

Patricia Gnipper, editora de conteúdo

O Brasil Que Deu Certo, porque faz a gente rir, às vezes chorar (de rir), e também causa sentimentos de vergonha alheia — no meu caso, vergonha da minha mãe, como quando essa página postou a foto da "árvore" de Natal DIY [feita em casa] que ela inventou com um pé de alface na horta (veja abaixo o AUGE!). A outra página é a Xét do iFood, cheia de pérolas com absurdos dos dois lados (clientes e estabelecimentos). Faz a gente, ao mesmo tempo, amar e odiar o mundão do delivery.

Rafael Arbulu, redator

No alto da minha insônia, costumo acompanhar as páginas Betch e Dorkly - College Humor no Facebook. A primeira é a típica página de compilações de vídeos toscos da internet, mas com um mínimo de curadoria que ocasionalmente estabelece temas (melhores TikToks, melhores trapalhadas de pets etc.).

Já a segunda é um subproduto do pessoal do College Humor, que cria mini episódios de contextos realistas dentro de ambientes de jogos retrô ("Se Bowser usasse armas de verdade"; "Super Mario odeia Nickelback"). Essa existia há tempos como um site oficial, mas goza de um ressurgimento de popularidade por causa do Facebook Watch.

Wagner Wakka, redator

A minha dica é a conta Vídeos Satisfatórios do Twitter. O perfil é voltado para publicar vídeos que mostram uma peça encaixando certinho em um determinado lugar, ou uma pintura sendo completamente composta até ficar perfeita. Enfim, são vídeos a que, seja lá o motivo, você assiste e sai com uma satisfação quase que inexplicável. Recomendo.

Nathan Vieira, redator

Gosto da O Melhor do Brasil é o Brasileiro, que é uma página que faz a gente se identificar com as gambiarras e as maluquices do dia a dia. Senão por coisas que a gente mesmo acaba fazendo, ou por parentes ou amigos que têm aquele comportamento caricato do famoso jeitinho brasileiro.

Outra é a Universo Paralelo, que, além de divertir, em determinadas publicações também nos faz pensar. Gosto de humor assim. Em algumas vezes, o universo paralelo acaba nem sendo tão paralelo assim, de tão malucas que as coisas estão nos últimos tempos.

E você? Quais páginas de humor você recomenda seguir para arrancar aquela risada de doer a barriga? Conte para nós nos comentários abaixo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.