Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

O que é RSS?

Por| 15 de Fevereiro de 2012 às 19h28

Link copiado!

Mockup: Graphberry
Mockup: Graphberry

Sigla para Rich Site Summary, RSS é um formato de distribuição de conteúdo digital construído em linguagem XML. O padrão tende a ser uma forma interessante para publicar e consumir conteúdo online como se fosse um jornal, uma vez que é exibido numa interface mais sóbria, padronizada e com entrega automática de material dos sites e das plataformas favoritas. Por vezes chamado de "Feeds", a tecnologia é conhecida pelo ícone de "antena laranja", normalmente posicionado de forma discreta pela web.

Contudo, RSS não serve somente para textos, certas redes sociais e plataformas de mídia também possuem feeds próprios, tais como Reddit e Flickr. Newsletters e sites híbridos (como Medium) também podem ser adicionados aos agregadores, basta incluir o endereço no leitor de RSS de sua preferência e receber o conteúdo todo por ele.

Continua após a publicidade

Até mesmo o Canaltech entrega conteúdo no formato RSS. Num aplicativo como Flipboard, você pode adicionar o feed do site ao seu perfil e conferir todo o conteúdo que sai por aqui num app só, sem precisar do navegador.

Pelo computador, o acesso ao conteúdo em RSS pode acontecer direto pelo navegador, e alguns deles até mesmo oferecem interfaces adaptadas para tornar a leitura mais agradável.

Origem do RSS

A primeira versão do RSS foi o RDF Site Summary, uma criação de desenvolvedores envolvidos no Netscape, o primeiro navegador web do mundo. O padrão surgiu em março de 1999 com a finalidade de entregar conteúdo no portal My.Netscape.Com. Foi só depois que o formato passou a ser conhecido como Rich Site Summary (RSS).

Dada a influência do Netscape naquele período, veículos e sites começaram adotar o padrão RSS para ter conteúdo entregue no agregador nativo. Isso durou até abril de 2001, quando o navegador abandonou o suporte para o padrão em uma reformulação da empresa.

A partir daí, outras empresas adotaram o formato e criaram métodos próprios para viabilizar a publicação de conteúdo em RSS. Nesse processo, duas empresas se destacaram na manutenção dos feeds, a RSS-DEV Working Group e a UserLand Software.

O padrão passou por inúmeras transformações ao longo dos anos, incluindo disputas de marca sobre o nome RSS. Surpreendentemente, foi só em setembro de 2004 que o formato recebeu o ícone de "antena laranja" para ser usado no Firefox.

Aplicativos leitores de RSS

Continua após a publicidade

Existe uma infinidade de aplicativos leitores de RSS e há até opções com assinaturas pagas que incluem funções extras para proporcionar uma melhor experiência no consumo de conteúdo no formato. Entre as alternativas, quatro das mais interessantes incluem o Feedly, Flipboard, Inoreader e Google Notícias.

Recursos úteis do RSS

Além de receber as notícias de seus sites favoritos, existem outros usos para o RSS: se você tem um blog com RSS, pode colocar o conteúdo dele em suas redes sociais usando essa ferramenta. Você também pode usar o RSS para receber atualizações de vídeos ou podcasts, usando programas especiais para isso.