Nordeste se destaca como região com mais internet de alta velocidade

Por Redação | 21 de Dezembro de 2017 às 10h28
photo_camera Notícias ao Minuto Brasil

O Nordeste é, atualmente, a região brasileira com mais dados de internet de alta velocidade no Brasil. Os estados de Alagoas, Sergipe, Bahia, Pernambuco e Tocantins (região Norte) são os que abrigam as 300 cidades que mais receberam redes de fibra óptica em 2017, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações.

Ainda de acordo com a Anatel, quem fica para trás são os estados do Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Amazonas e Minas Gerais, apresentando as maiores deficiências de infraestrutura de todo o País.

São cerca de 39,1 milhões de residências que contam com acesso à internet banda larga fixa ou móvel atualmente, mas 11,6 milhões ainda não desfrutam deste direito.

Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com a Anatel, mostram que, no Brasil, somente 3.452 cidades possuem internet de fibra óptica. Quando o assunto é internet via rádio, apenas 2.085 cidades contam com a tecnologia, enquanto 32 municípios usam o serviço de satélite. Grande parte das cidades, no entanto, conta com infraestrutura precária, recebendo velocidades que não ultrapassam 10 Mbps.

Provedores regionais

O governo pretende, em até 10 anos, oferecer novas políticas de banda larga, como provedores regionais, operadoras e ONGs para ampliar o acesso à internet por diferentes formas. Para Eduardo Parajo, presidente da Abranet (Associação Brasileira de Internet), o que vem trazendo o acesso da população à internet são os provedores regionais. "Isso acontece no Centro-Oeste, Norte, Nordeste ou no extremo sul da cidade de São Paulo.

Com a ajuda dos provedores regionais, cidades com poucos habitantes recebem internet via rádio, migrando gradualmente para fibra óptica. O segmento está em constante crescimento e movimenta cerca de R$ 5 bilhões na economia brasileira.

Futuro e investimento

As operadoras já anunciaram que pretendem focar na ampliação da oferta de conectividade de alta qualidade. A Vivo deve investir R$ 24 bilhões em banda larga até 2019; a Tim, R$ 12 bilhões no mesmo período; e a Oi já investiu R$ 3,8 bilhões entre janeiro e setembro deste ano.

O programa Internet para Todos deve beneficiar, a partir de 2018, cerca de 40 mil unidades públicas em 500 cidades brasileiras, com investimentos em conexão via satélite.

Fonte: Folha

Participe do nosso grupo de ofertas no Facebook e tenha acesso aos melhores descontos e cupons para você garantir sempre o menor preço em suas compras online.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.