Nike lança coleção de NFT para o metaverso com modelos de até R$ 2,2 milhões

Nike lança coleção de NFT para o metaverso com modelos de até R$ 2,2 milhões

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 26 de Abril de 2022 às 16h26
Reprodução/Nike

Uma coleção de tokens não fungíveis (NFTs) da Nike tem unidades vendidas por até US$ 449 mil (cerca de R$ 2,2 milhões). Lançado na sexta-feira (22), o catálogo de 20 mil tênis virtuais da marca contém modelos com diferentes níveis de “raridade”, com vendas partindo de US$ 7,5 mil.

Os primeiros sortudos a receberem o tênis foram aqueles que apostaram no projeto “MNLTF”, um cubo metálico estampado com o logo da Nike, publicado pelo designer de roupas virtuais RTFKT. Pouco tempo e algumas “missões” depois, a coleção Nike Cryptokicks foi revelada, com detalhes herdados da coleção Nike Dunk (esta, do mundo físico) e possibilidade de personalização com até oito skins diferentes.

O designer RTFKT foi fundado em janeiro de 2020, mas se tornou parte da Nike no final de 2021. A criadora de artigos digitais já colaborou com diversas coleções, inclusive com marcas e artistas famosos, como a montadora de veículos Lexus e o Takashi Murakami.

Um tênis virtual com extras

Aqueles que possuem os caríssimos tênis virtuais da Nike ainda não têm tantas vantagens além da posse: eles podem exibir os modelos na internet com Realidade Aumentada no Snapchat. Não foram anunciados planos para a entrega de modelos físicos correspondentes às unidades virtuais.

Contudo, as novidades devem estar em preparação dentro da Nike: patentes registradas pela companhia sugerem que a companhia tem interesse em oferecer extras para aqueles que apostaram nos Cryptokicks, como carteiras virtuais para gerenciamento de criptomoedas, serviços exclusivos, entrada garantida em comunidades virtuais e outras adições valiosas.

Moda virtual

Além da Nike, a Adidas também disputa espaço na moda do metaverso. A empresa lançou a coleção “Into The Metaverse” em dezembro do ano passado com 30 mil NFTs construídos em parceria com o Bored Ape Yacht Club, os populares “macacos digitais”, que custam milhares de dólares.

A coleção Into The Metaverse da Adidas ainda está na primeira fase de desenvolvimento (Imagem: Reprodução/Adidas)

Marcas fora desse segmento, como a Coca-Cola, também apostam em artigos virtuais. A empresa de refrigerantes lançou a Coca-Cola Byte dentro de Fortnite, um “sabor” de bebida reforçado com uma aventura personalizada dentro do game e experiências em realidade aumentada que também ganhou uma versão física na "vida real".

Fonte: Vogue Business, CNET, HypeBeast

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.