Mais de 16 milhões de km em ruas pelo mundo já foram fotografados pelo Google

Por Rafael Rodrigues da Silva | 13 de Dezembro de 2019 às 19h50
https://www.flickr.com/photos/sanchom/
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Nesta sexta-feira (13) o Google revelou uma informação bem interessante sobre o Google Car, o veículo conhecido por tirar fotos das ruas de todas as cidades do mundo para a função Street View do Google Maps. A empresa revela que, no total, o carro já tirou fotos de mais de 16 milhões de kilômetros de ruas de todo o mundo, o que seria o suficiente para dar a volta na Terra mais de 400 vezes ou então ir e voltar da Lua cerca de 20 vezes.

A empresa também revelou que o Google Earth, o sistema de mapeamento aéreo da empresa, já possui um total de 58 milhões de quilômetros quadrados de áreas mapeadas por imagens de satélite, o que significa que 98% de toda a superfície do planeta pode ser vista através da ferramenta.

Essa é a primeira vez que o Google divulga dados sobre seus serviços de mapeamento, como Maps já sendo um dos mais usados no mundo. Só o Google Maps possui mais de 1 bilhão de usuários mensais, que utilizam a plataforma não apenas para descobrir novas rotas mas também sugestões de restaurantes, pontos turísticos e outros produtos e serviços nas redondezas.

Quando não dá para mapear o local com o carro, o Google envia pessoas para fazer os registros a pé, com as câmeras em uma mochila especial (Foto: Google)

Criado em 2004 por Larry Page, o Stree View tinha o objetivo de criar um mapa do mundo em 360º que fosse além das imagens de satélite, e mostrasse do nível da rua o que becos, viadutos e outras construções urbanas escondem das imagens aéreas. As fotos são tiradas pelos famosos carros da empresa (facilmente reconhecidos pela torre de câmeras apontadas em todas as direções localizadas em cima da carroceria) e, em alguns locais de mais difícil acesso, os carros são trocados por pessoas, que se aventuram com as câmeras presas em suas mochilas.

Nos últimos anos, o Google tem se esforçado para transformar o Maps não apenas em um mapa disponível online, mas em um hub de informações sobre o que os usuários podem encontrar em cada região, como restaurantes, mercados e pontos turísticos, além de permitir acesso direto a serviços importantes para quem viaja, como reservas em hotéis ou a compra de passagens aéreas.

O próximo passo dessa evolução é algo que a empresa chama de “Live View”, que irá misturar as imagens do Google Maps com ferramentas de realidade aumentada para criar vários níveis de informação, acabando com aquele problema de o cursor da navegação ficar "doido" quando você entra em uma estação de metrô. Para que essa tecnologia funcione, o Google teve que desenvolver o próprio sistema de GPS, já que o que normalmente é utilizado não possui a precisão necessária, e funciona processando a imagem enviada pela câmera do aparelho com as dezenas de bilhões de imagens do Street View de forma a indicar o melhor caminho para o usuário.

Fonte: CNet

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.