Grimes explica o nome de seu filho com Elon Musk, mas ninguém entendeu nada

Por Rafael Arbulu | 06 de Maio de 2020 às 21h30
Reprodução: Elon Musk
Tudo sobre

Elon Musk

Saiba tudo sobre Elon Musk

Chamar Elon Musk de “personagem excêntrico” é algo tão óbvio que chega a ser pleonasmo. O que poucos esperavam é que sua esposa, a cantora Claire Elise Boucher, mais conhecida como Grimes, fosse tão excêntrica quanto.

Nesta segunda-feira (4) o casal deu à luz ao seu primeiro filho e anunciou seu impronunciável nome “X Æ A-12”. Evidentemente, o departamento de produção de memes da internet fez hora extra, porque as montagens, até agora, não dão sinal de parar de chegar.

Em um tuíte publicado na noite desta terça-feira, 5 de maio, a cantora tentou explicar a razão por trás do nome estranho. Spoiler: seguimos sem entender nada. Acompanhe:

Traduzindo: o “X” é “a variável desconhecida”, o que presumimos referir-se às equações matemáticas. O “Æ” é a interpretação élfica soletrada de Grimes para o kanji “amor” (no idioma japonês, “ai”), mas também refere-se a “inteligência artificial” (da sigla em inglês “AI”). Já o “A-12” é o “precursor do SR-17, nossa aeronave favorita, sem armas, sem defesas, só velocidade. Ótima em combate, mas não violenta”.

A cantora continuou, ressaltando ainda um segundo “A”, que refere-se a “Arcanjo” (“Archangel”, em inglês), que, embora ela não tenha oferecido detalhes, pode referir-se a “Art Angel”, título de um de seus álbuns musicais. Mas também pode se referir a algum anime, já que Grimes nutre uma paixão nada saudável pelas animações japonesas: Seven Deadly Sins, por exemplo, tem quatro arcanjos que estão entre as entidades mais poderosas, tanto na TV como no mangá.

O comportamento excêntrico do casal apenas amplia a percepção de como nunca podemos crer ou desacreditar de ambos em suas postagens nas redes sociais. Recentemente, Musk tuitou que estaria se livrando de “várias posses físicas”, incluindo casas e carros, exceto pela residência que pertenceu a Gene Wilder. A internet achou que era trollagem, mas Musk falou sério e vendeu tudo.

A explicação de Grimes sobre o nome do filho também serve para aprofundar essa noção. Talvez eles estejam estendendo uma brincadeira às custas de nossa capacidade de produzir memes e viralizar a criança antes mesmo que ela possa digitar sua primeira letra em um teclado. Ou não. De qualquer forma, só o tempo vai dizer.

Fonte: Grimes (Twitter)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.