Shigeru Miyamoto ainda trabalha na Nintendo e revela alguns segredos da empresa

Por Gustavo Linares | 23 de Abril de 2013 às 14h00

Conhecido como o 'padrinho dos games', Shigeru Miyamoto continua trabalhando ativamente aos 60 anos de idade na criação de novos jogos eletrônicos para a Nintendo e garante que ainda há muito o que ser feito. Responsável por alguns dos clássicos da empresa como 'Donkey Kong', 'Super Mario', 'Pikmin' e a série 'Legend of Zelda', Miyamoto revelou à reportagem da edição norte-americana da revista Rolling Stone alguns dos segredos da companhia japonesa.

"Trinta anos atrás, éramos capazes de criar um único jogo com apenas cinco ou seis pessoas", explicou Shigeru Miyamoto nos escritórios da Nintendo em Nova York, Estados Unidos. "Hoje, nós estamos falando de 50 a 60 pessoas - mas, o que sempre é importante é a ideia inicial". Para celebrar o 30º aniversário de um dos personagens mais queridos do guru dos games, a Nintendo está preparando uma série de jogos exclusivos para o Luigi como o já lançado 'Luigi's Mansion: Dark Moon'.

Voltando no tempo

Um dos primeiros grandes sucessos da carreira de Miyamoto foi o 'Donkey Kong', lançado nos anos 1980, que colocava o Mario para subir escadas e enfrentar obstáculos em uma tentativa de salvar a Princesa das garras do gorila. "Logo no começo entendemos que a capacidade de fazer o personagem saltar era muito divertida em si", disse. "Isso era uma espécie de primeira descoberta: encontrar a diversão da sensação causada por essa atividade física, em especial, pulando de um lado para o outro e o tipo de ligação existente entre estes saltos".

Em 1985, a grande estrela da Nintendo foi lançada com a série 'Super Mario Bros', marcando uma revolução no mercado dos jogos eletrônicos. Os personagens ganharam novos poderes como a capacidade de diminuírem de tamanho e tornarem-se invencíveis com a captura de estrelas. "Percebemos que as pessoas queriam realmente ser capazes de correr mais rápido", ressaltou Miyamoto. "E nós descobrimos muito rápido que habilidades como correr rápido, se esquivar de buracos e inimigos criaria uma espécie de sentimento de emoção. Nós nos focamos em realmente levar um pouco mais de energia física, atividade física para o jogo".

Shigeru Miyamoto

Foto: Divulgação

Shigeru Miyamoto acredita que a introdução da estrela de invencibilidade no 'Super Mario Bros' foi a verdadeira chave para o sucesso do jogo, já que era muito divertido para os jogadores terem esse recurso a mais em um game onde devem se esquivar de inimigos e evitar cair 'pelo cano'. "Tem algo que quero compartilhar com as pessoas", afirmou o guru, indicando a revelação de um segredo sobre o desenvolvimento do 'Super Mario Bros'. "Uma das principais limitações na época foi por causa da memória reduzida, o que fez com que o segundo personagem tivesse que ser idêntico em sua aparência ao primeiro. Então nós pensamos 'poderíamos mudar a cor do novo personagem'. Mas, mais uma vez, a memória e a reduzida paleta de cores foram um verdadeiro desafio. Olhando para as cores das tartarugas, decidimos usar o verde para a cor da roupa de Luigi. E nós entendemos que, como eles eram muito parecidos, eles deviam ser gêmeos, na verdade, Luigi ficou como o irmão mais novo de Mario".

Trabalho de uma vida

Desde 1978 na Nintendo, muitos rumores sempre surgem afirmando que Miyamoto se prepara para se aposentar, algo que parece não estar muito nos planos dele. "Eu faço 61 anos em 2013", disse. "Eu estou em uma fase em que vejo pessoas que trabalham em empresas diferentes e que têm a minha idade pensando em aposentadoria. Mas, ao mesmo tempo, eu olho para o trabalho que estou fazendo e a diversão que tenho - isso é algo que eu posso continuar a fazer por um longo tempo. Você sabe, talvez até eu morrer".

A grande preocupação de Shigeru Miyamoto é que sua equipe de desenvolvimento esteja preparada para continuar suas atividades sem sua presença. Mas, enquanto permanece em seu posto, ele tem trabalhado exaustivamente em novos jogos e afirmou que, nos últimos anos, o mercado de games sentiu de perto modificações substanciais em novos títulos como a introdução de personagens adicionais, fundos entre outros elementos.

Junto com o designer Takashi Tezuka, Miyamoto desenvolveu mais uma série clássica da Nintendo, o 'Legend of Zelda', sobre o garoto Link que entra em uma jornada para salvar a princesa Zelda das mãos do monstro Ganon. "Quando estávamos criando 'Legend of Zelda' ou 'Super Mario' original, buscamos a criação de jogos simples, que mostravam mundos simples que podem ser enriquecidos pela imaginação do usuário", explicou. "Eu sinto que, até hoje, isso é uma parte importante do meu trabalho. Mesmo quando estamos trabalhando em jogos e mundos virtuais maiores, continuamos pensando em como permitir que o usuário continue jogando criativamente naquele espaço".

Personagens

Shigeru Miyamoto
Foto: Divulgação

Quando questionado sobre o motivo de seus personagens resistirem às transformações dos jogos e aos tempos, Shigeru Miyamoto tem uma resposta na ponta da língua. "Um traço comum é que os personagens estão aparecendo em jogos que são divertidos. Se os personagens estão em jogos que não são divertidos, as pessoas não gostarão mais tanto deles. Outra característica importante é conectar o novo jogo e sua estrutura ao personagem principal. Acredito que a nossa concentração nessas duas áreas faz com que nossos personagens se matenham populares".

Nintendo Wii

A empresa apresentou em 2006 seu mais novo console, o Wii, voltado tanto para crianças como adultos. Como não podia deixar de ser, Miyamoto contribuiu no desenvolvimento de uma série de jogos exclusivos para o console como o 'Wii Sports', 'Super Paper Mario', 'Super Mario Galaxy' entre outros. E no último ano, a Nintendo lançou no mercado mundial a nova geração do Wii, o Wii U, com controle equipado com display touchscreen.

"O sistema em si é tecnicamente muito poderoso", defendeu o guru dos games. "Pode-se desenhar gráficos em HD muito detalhados. Nós queríamos pegar o mundo que já havia sido retratado com realismo nos jogos originais e transformá-los em HD, aproveitando o poder desse sistema para fazer isso".

Ele ainda revelou que enquanto estavam desenvolvendo o 'The New Super Mario Bros U', lançado em novembro do ano passado, a equipe também estava produzindo o 'Luigi's Mansion' e eles optaram por empregar recursos baixáveis ao primeiro título. "Nós não estamos apenas pensando em criar um produto individual, mas também na forma como podemos aproveitar esses sistemas de distribuição, criando potencialmente novos conteúdos para download para estes jogos. (...) À medida que avançamos, vamos começar a ver novas formas para aproveitarmos a tecnologia e criarmos novas estruturas de jogos ou alavancar novos meios de distribuição para o consumidor final", detalhou Miyamoto.

Junto com o Wii U, outro fruto do trabalho de Shigeru Miyamoto está de volta para os jogadores, o 'Pikmin 3'. O novo título permite que os usuários alternem entre três chefes ou líderes diferentes, construindo uma abordagem de jogo mais estratégica. O game deverá ser lançado oficialmente em agosto.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.