Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

ChatGPT é banido da Itália por problemas ligados a privacidade

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 31 de Março de 2023 às 16h15

Link copiado!

Bill Oxford/Unsplash
Bill Oxford/Unsplash

O regulador nacional de privacidade da Itália (GPDP) baniu o ChatGPT do país nesta sexta-feira (31). Em um comunicado enviado à imprensa, a entidade disse haver preocupações de privacidade relacionadas ao modelo da OpenAI. Em fevereiro, banimento semelhante aconteceu com o chatbot Replika.ai no país.

A GPDP indaga que a OpenAI não apresentou justificativa para a coleta de dados pessoais dos usuários. Além disso, a desenvolvedora não teria mecanismos eficientes para impedir o acesso de usuários menores de idade, o que "expõe os menores a respostas absolutamente inadequadas em relação ao seu grau de desenvolvimento e autoconsciência".

Continua após a publicidade

"O ChatGPT, o mais conhecido entre os softwares de inteligência artificial relacional capaz de simular e processar conversas humanas, sofreu em 20 de março uma violação de dados sobre as conversas de usuários e informações de pagamento para assinantes do serviço pago", pontuou o órgão no comunicado se referindo ao vazamento de dados de cartão de crédito cadastrados no serviço.

Banimento de efeito imediato

Segundo o regulador, o banimento tem efeito imediato, portanto é questão de tempo até os usuários do país serem impedidos de acessar o chatbot.

A ordem do governo italiano parece se referir especificamente ao ChatGPT, o chatbot da OpenAI. Os modelos GPT-3.5 e GPT-4 são aplicados em outros programas e serviços (Bing, por exemplo) e, aparentemente, não foram afetados pela decisão.

Fonte: GPDP