Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

TSMC tem produção de chips atingida por apagão em Taiwan

Por| Editado por Wallace Moté | 03 de Março de 2022 às 13h16

Link copiado!

Divulgação/TSMC
Divulgação/TSMC
Tudo sobre TSMC

Principal fabricante dos chips para iPhone e dos processadores da AMD, a TSMC teve sua produção atingida por um apagão de grandes proporções que afetou a ilha de Taiwan na manhã desta quinta-feira (3). Além de plantas de produção da fundição, mais de 5 milhões de pessoas sofreram com a queda de energia nas duas maiores cidades da nação asiática.

TSMC tem produção paralisada por apagão

A informação foi dada pela própria companhia de energia do país, a Taiwan Power Co., que explicou ainda que o apagão foi causado pelo mau funcionamento de trechos da rede elétrica na usina de Hsinta, localizada na cidade de Kaohsiung, segunda maior da nação. Os problemas levaram a quedas de energia em toda a região sul da ilha, afetando ainda a capital, Taipei, e chegando a trazer consequências para as áreas norte e central.

Continua após a publicidade

O governo de Taiwan confirmou que 75% do total de 5,49 milhões de consumidores afetados já tiveram o fornecimento reestabelecido, mas que o restante dos usuários terá de aguardar até o final da noite. A nota esclarece que a usina precisa ser desligada do restante da rede elétrica do país, para que todos os reparos possam ser concluídos. Ainda na mensagem, a presidente da ilha, Tsai Ing-Wen, pediu desculpas pelo ocorrido.

O Parque Científico de Tainan, onde está localizada a planta mais avançada da TSMC, responsável pela fabricação dos chips dos iPhones, bem como centros de produção de outras gigantes de Taiwan também sofreram com o apagão, conforme reportaram os funcionários da fundição — alterações na voltagem do suprimento de energia que chega aos equipamentos de fabricação foram observados.

Empresa avalia danos a equipamentos e produtos

Ainda de acordo com os engenheiros da TSMC, a empresa deve avaliar, nas próximas horas, se a variação de voltagem afetou a produção — a fabricação de chips é um processo extremamente delicado, e parte dos componentes pode ser perdida caso o apagão tenha atingido as máquinas de maneira significativa. A empresa não informou o que estava em produção durante o ocorrido.

Como destaca a agência de notícias NIKKEI Asia, não é a primeira vez que Taiwan sofre um apagão de grandes proporções: em 2021, 4 milhões de pessoas foram afetadas por evento semelhante, também causado por falhas na usina de Hsinta. Além disso, em 2017, uma queda de proporções ainda maiores atingiu 6,68 milhões de moradores. Segundo a Taiwan Power Co., Hsinta, abastecida pela queima de carvão e gás natural, é a maior usina da região sul, e a terceira maior do país.

Fonte: AppleInsider, NIKKEI Asia