O que é um monitor IPS?

Por André Lourenti Magalhães | 17 de Janeiro de 2012 às 12h36
Canaltech

Você já deve ter visto algum produto com a especificação de tela IPS. A tecnologia IPS ainda é um recurso recorrente em monitores, televisores e smartphones com tela LCD, apesar de não ser necessariamente nova: suas primeiras patentes foram registradas na década de 90. Recebeu melhorias ao longo e é amplamente disponibilizada em aparelhos como uma boa opção de tela.

Monitor IPS: o que significa?

Monitores com a tecnologia IPS possuem maior ângulo de visão (Imagem: Divulgação/Dell)

In-Plane Switching, ou IPS, é uma tecnologia aplicada na tela LCD. A sua grande diferença para é o posicionamento horizontal das linhas do LCD, enquanto outras tecnologias alinham na vertical. Isso traz resultados importantes para o ângulo de visão da tela, visualização das cores e taxa de atualização de imagens.

Antes da expansão desse tipo de painel, monitores convencionais possuíam uma área de visão de 160º e taxa de atualização de 60 Hz. As telas com IPS elevaram esse número para angulo de visão de 178º e taxa de atualização atingindo 240 Hz.

Vantagens e desvantagens

A exibição das cores é uma das principais vantagens da tecnologia IPS. É possível visualizar cores vivas e bem definidas de forma consistente, sem oscilações de desempenho. A área de visão maior é outro fator muito importante, tendo em vista que permite que os espectadores consigam ver todas as informações da tela em diferentes ângulos, sem perder detalhes.

Esses fatores tornaram os monitores IPS uma ótima opção para profissionais que precisam de uma maior qualidade de imagem, como designers e fotógrafos.

Com o surgimento de novas tecnologias, especialmente envolvendo LED, o IPS ficou para trás em alguns quesitos. O principal envolve a visualização da cor preta: como a tela de LCD utiliza uma camada de luz no fundo, para iluminar os cristais, o tom pode ser menos escuro do que o de uma tela OLED ou AMOLED, na qual cada pixel é iluminado individualmente.

IPS e VA

Nos monitores com tela LCD, o IPS divide a concorrência de painéis com o VA, sigla para “Vertically Aligned”. Ou seja, com alinhamento vertical. Esse painel tem desvantagens com relação ao ângulo de visão e exibição das cores, mas traz um tempo de resposta mais rápido, tornando-se mais atrativo para gamers.

Não há uma opção superior à outra. Na verdade, são destinados a diferentes usos e demandas. Se você precisar de uma melhor visualização das cores, especialmente no trabalho com edição de imagens, o IPS é uma melhor opção. Caso necessite de uma taxa de resposta mais rápida para jogos, os monitores VA saem na frente no quesito.

As principais fabricantes de monitores disponibilizam modelos com painéis IPS, VA ou TN – “Twisted Nematic Field Effect” uma tecnologia ainda mais antiga e aplicada nas primeiras telas LCD. Enquanto telas voltadas para games são acompanhadas dos painéis VA ou TN, outras linhas são vendidas com o IPS.

Tela IPS LCD em celulares

O uso da tecnologia não é limitado apenas às grandes telas: muitos smartphones são fabricados com a tela IPS LCD, aproveitando os recursos de definição de cores. A visualização das imagens expostas à luz do sol é uma grande vantagem dos modelos com esse display, apesar de maior consumo de bateria.

É comum que modelos mais novos adotem telas OLED e AMOLED, mas o IPS segue sendo uma opção consistente, especialmente em modelos mais baratos.

Fonte: Viewsonic, Tom’s Hardware, TN Panel, WePC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.