O que é benchmark?

No mercado, existem inúmeros modelos de PCs, celulares e diversos dispositivos com diferentes capacidades de processamento. E, para avaliar quais os modelos possuem melhor desempenho, é preciso realizar um teste de benchmark.

Atualmente, comparar apenas a ficha técnica dos dispositivos pode não ser a melhor forma de avaliar se um hardware tem melhor desempenho que outro. Por isso, confira neste artigo o que é, quais os tipos de benchmark, e os cuidados que você deve ter ao realizar um teste desse tipo em seus dispositivos.

O que é benchmark?

No universo da computação, benchmark é o ato de comparar de forma eficiente a performance entre dispositivos utilizando um ou mais programas. Para conseguir compará-los de maneira equivalente, é preciso realizar uma série de testes e analisar inúmeros dados diferentes.

Em essência, o termo benchmark utilizado na computação tem o mesmo significado do benchmark utilizado no mundo corporativo, por exemplo, já que visa a comparação de mecanismos, processos, objetos e resultados.

Na computação, o termo "benchmarking" geralmente é associado com avaliação de desempenhos de hardwares, mas, também pode ser aplicado a softwares, desde que seja levado em consideração a avaliação de dados apenas técnicos.

Os tipos de teste de benchmark

Com o avanço tecnológico e as diferentes maneiras que as empresas encontraram para desenvolver a arquitetura de seus dispositivos, ficou mais desafiador comparar a performance de sistemas diferentes de computação apenas observando suas especificações.

Para resolver esse problema, testes padrões foram desenvolvidos para serem realizados em sistemas distintos, permitindo assim a comparação dos resultados mesmo que os produtos envolvidos tenham arquiteturas diferentes.

Os benchmarks "Sintéticos" utilizam programas que estimulam nos dispositivos testados um certo tipo de comportamento desejado. Ele é capaz de avaliar como o hardware se comporta em cenários específicos.

Já os benchmarks de "Aplicação" fazem a execução de programas do "mundo real" no sistema. Esse tipo de teste vai extrair o máximo do hardware para verificar quanto ele é capaz de suportar.

Fique atento ao realizar testes de benchmark

É possível que qualquer usuário realize testes de benchmark em seu computador ou celular. No entanto, é válido ressaltar que alguns programas existentes podem causar danos aos seus dispositivos.

Visto que esses softwares de benchmark realizam testes para tirar o máximo dos componentes existentes nos dispositivos, é importante estar atento para não utilizar o PC ou celular, nem executar programas pesados durante o processo, pois o resultado pode ficar comprometido.

Ao realizar um teste, é aconselhável manter poucos programas em execução. De preferência, os essenciais para manter o funcionamento básico do seu dispositivo.

Os programas mais utilizados para teste de benchmark

Estando atento aos riscos de realizar testes de benchmark, é importante saber quais os programas e apps mais utilizados para realizar os testes. Os programas mais comuns realizam testes em PCs e celulares, porém, os testes podem ser muito mais abrangentes e complexos.

Relatório mensal da AnTuTu elenca os melhores celulares baseados em vários testes de benchmark (Captura de tela: Matheus Bigogno)

Um dos programas mais utilizados para fazer benchmarks em celular é o AnTuTu, que também publica um relatório mensal com os melhores modelos baseados em suas performances. Para PCs e celulares, também é indicado usar o Geekbench ou o CPU-Z.

A importância de testes de benchmark

No design de microprocessadores semicondutores, os processos de benchmark são consideravelmente importantes. Eles fornecem aos arquitetos de processadores a habilidade de analisar e realizar modificações nas microarquiteturas.

E, à medida que novos hardwares são lançados e a tecnologia vai avançando, os testes de benchmark precisam ficar cada vez mais precisos para acompanhar estes avanços e gerar relatórios de alta qualidade para os consumidores.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.