Publicidade

Nvidia GeForce RTX 5000 | Primeiros detalhes vazam online

Por| Editado por Jones Oliveira | 15 de Agosto de 2023 às 09h40

Link copiado!

Lucas Kepner/Unplash
Lucas Kepner/Unplash
Tudo sobre Nvidia

Uma série de vazamentos pode ter revelado mais informações sobre as placas de vídeo GeForce RTX 5000, de codinome Blackwell. O informante Chipwell, conhecido por vazar inúmeros detalhes da indústria, indicou que a próxima geração de GPUs não teria nenhum chip com o sufixo X04 e deu início a uma leva de especulações.

Durante a geração Ada Lovelace, das RTX 4000, o chip AD104 foi usado em versões específicas de placas topo de linha, como na cancelada RTX 4080 de 12 GB, a RTX 4070 e a 4070 Ti. Em contrapartida, o chip AD103 faz parte da RTX 4080 "padrão" de 16 GB. O fato de não existir um chip com final 04 na próxima geração deixou uma pulga atrás da orelha de algumas pessoas.

Continua após a publicidade

O VideoCardZ contatou outro informante para checar a veracidade das informações. Em resposta, o notório kopite7kimi divulgou uma lista de chips que devem fazer parte das vindouras RTX 5000.

A lista corrobora com a versão de Chipwell, uma vez que os supostos chips são os GB202, GB203, GB205, GB206 e GB207, sem nenhum com a terminação 204. No entanto, essa nova informação traz mais um questionamento importante: por que esses modelos se chamam GB200 e não GB100?

Linha Blackwell pode ter cinco chips GB200

Historicamente, a Nvidia só utiliza o numeral 200 para se referir a uma revisão de chips. Por exemplo, em 2013 a marca lançou a GeForce GTX 780 com o chip GK110 sob a arquitetura Kepler. Em 2014, a GeForce GT 710 (insanamente mais fraca) foi lançada com o chip GK208 sob a arquitetura Kepler 2.0. Perceba que do Kepler para o Kepler 2.0 o prefixo GK permaneceu, mas a identificação saiu dos 100 para os 200, pois essa arquitetura 2.0 era uma revisão da Kepler original.

Continua após a publicidade

O grande problema é que a NVIDIA nunca lançou uma geração Blackwell para que os novos chips sejam chamados de GB200. O mais perto desse nome é arquitetura Maxwell, que também ganhou uma revisão 2.0 no passado.

Seja como for, a partir da lista é possível presumir alguns lançamentos com base nas gerações anteriores. O GB202 deve ser para a suposta RTX 5090; o GB203 para a RTX 5080 e RTX 5070 Ti; GB205 para as RTX 5070/5060; GB206 para a RTX 5050 e assim por diante. Claro, tudo aqui não passa de especulação sem base, mas esse caminho deve ser similar pelo menos com o GB202 e o GB203.

Poucos detalhes sobre as Blackwell são conhecidos até agora, mas algumas informações sugerem que o modelo topo de linha teria uma interface de memória com 512-bit. O lançamento, no entanto, só deve acontecer no fim de 2025.

Continua após a publicidade

Fonte: VideoCardZ e Chipwell