Nvidia Enterprise expande para até 90 dias teste de GPU virtual para empresas

Por Wagner Wakka | 23 de Abril de 2020 às 12h54
Reprodução/Nvidia
Tudo sobre

Nvidia

Saiba tudo sobre Nvidia

Ver mais

A Nvidia Enterprise está expandindo a licença gratuita para testes da sua GPU virtual. Também chamada de vGPU, a tecnologia permite que os departamentos de TI de empresas possam direcionar potencial gráfico e de infraestrutura para computadores de forma remota.

Com a mudança, agora é possível colocar até 500 licenças (antes eram 128) do programa de GPU virtual da Nvidia por um período de até 90 dias gratuitos. A empresa espera que o tempo seja suficiente para que companhias voltem a seus escritórios após o isolamento social em função da COVID-19.

A proposta da GPU virtual é ter a mesma função do hardware no computador, mas de forma remota, usando a internet do usuário. Assim, ele consegue obter alto desempenho de processamento gráfico sem precisar de uma infraestrutura complexa em casa.

“Atualmente, os provedores de serviços de saúde precisam de suporte em novos locais e as escolas ampliam as salas de aula virtuais”, lembra a Nvidia em comunicado. A ideia é que as equipes de infraestrutura e TI de uma empresa possam oferecer capacidade gráfica para funcionários que precisam de alta demanda de vídeo ou de processamento com machine learning e inteligência artificial.

O software da vGPU da Nvidia funciona em três camadas diferentes. A primeira é o Nvidia GRID, usado para criar uma infraestrutura de desktop virtual. Ou seja, basicamente ele oferece acesso a um aparelho mais potente de forma remota.

O segundo é o Quadro Virtual Data Center Workstation, voltado para dar desempenho a uma estação de trabalho para quem precisa de processamento gráfico alto. Por fim, há também o Virtual Compute Server, com foco em capacidades de processamento para soluções de machine learning, IA e cálculos profundos.

A avaliação de 90 dias pode ser requerida pela empresa com o preenchimento de um formulário no site da Nvidia.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.