Intel anuncia linha Xeon W3300 Ice Lake em 10 nm com até 38 núcleos a 4 GHz

Intel anuncia linha Xeon W3300 Ice Lake em 10 nm com até 38 núcleos a 4 GHz

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 30 de Julho de 2021 às 12h27
Intel/Divulgação

Completando a 3ª geração Xeon Scalable revelada em abril, a nova linha Xeon W3300 acaba de ser oficializada pela Intel. Voltados para estações de trabalho, os processadores são os primeiros da família Xeon W a adotar os núcleos Sunny Cove baseados em 10 nm, da série Ice Lake. Segundo a companhia, os chips trazem ganhos substanciais de performance em comparação à geração anterior.

Junto aos processadores, foram anunciadas ainda placas-mãe baseadas na plataforma LGA 4189, utilizadas pelos chips. Fora isso, alguns testes preliminares foram feitos e comparados com resultados dos principais concorrentes dos novos Xeon, a série Threadripper PRO, e ao que parece, a Intel ainda tem uma longa jornada para alcançar a eficiência dos rivais da AMD.

Xeon W3300 Ice Lake chega em 10 nm com até 38 núcleos

Pensada para editores de vídeo, modeladores e outros profissionais que precisam de muito poder de CPU, a família Xeon W3300 traz até 38 núcleos Sunny Cove, mesmos utilizados na 10ª geração de processadores para ultrabooks. A microarquitetura Sunny Cove é a primeira da Intel a adotar a litografia de 10 nm comercialmente, e promete ganhos notáveis frente à linha W3100.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Outras novidades dos chips W3300 incluem suporte a Thunderbolt 4, instruções AVX-512 para IA, chipset C21A e suporte a Wi-Fi 6E (Imagem: Divulgação/Intel)

Segundo a companhia, em comparação à geração anterior, os novos chips oferecem até 2,5 vezes mais capacidade máxima de memória, até 31% mais largura de banda, além de aumento de desempenho de 45% em cargas de trabalho multi-threaded no Cinema 4D, 26% no render de preview e 27% no processo de render final no AutoDesk Maya, e 20% na edição e render de vídeos no Adobe Premiere Pro.

Caption

Além da arquitetura aprimorada, os processadores trazem ainda consumo de até 270 W, 64 lanes PCI-E 4.0 e suporte a até 4 TB de RAM DDR4 a 3.200 MHz, em configuração 8 channel. A linha Xeon W3300 é composta pelos seguintes chips:

Xeon W3375

Topo de linha da família, o Xeon W3375 chega com 38 núcleos e 56 threads, além de 57 MB de cache. Seu clock base é de 2,5 GHz, enquanto o boost com um núcleo pode chegar aos 4,0 GHz, e o boost com todos os núcleos atinge 3,3 GHz.

Xeon W3365

Modelo premium mais modesto, o Xeon W3365 oferece 32 núcleos e 64 threads, acompanhados de 48 MB de cache. Em clocks, temos 2,7 GHz base, 4,0 GHz boost com um único núcleo e 3,5 GHz usando todos os núcleos.

Xeon W3345

Opção mais equilibrada, o Xeon W3345 traz 24 núcleos e 48 threads, com 36 MB de cache. O modelo conta com clock base de 3,0 GHz, e pode atingir os 4,0 GHz com um único núcleo, ou 3,7 GHz usando todos os núcleos.

Xeon W3335

Para usuários cujas cargas de trabalho são menos exigentes, há o Xeon W3335, com 16 núcleos, 32 threads e 24 MB de cache. Sua frequência base é de 3,4 GHz, enquanto o turbo de um núcleo bate os 4,0 GHz, e o boost com todos os núcleos chega aos 3,7 GHz.

Xeon W3323

Opção mais básica da família, o Xeon W3323 é equipado com 12 núcleos e 24 threads, acompanhados de 21 MB de cache. Graças à menor quantidade de núcleos, seus clocks são os mais altos no geral: a frequência base é de 3,5 GHz, enquanto o boost com um núcleo atinge os 3,9 GHz, e o turbo com todos os núcleos chega a 3,7 GHz.

Nova plataforma com soquete LGA 4189

Para tirar proveito das melhorias proporcionadas pelos núcleos Sunny Cove, a Intel também anunciou uma nova plataforma para a linha Xeon W3300, com o soquete LGA 4189. Três modelos de placas-mãe equipados com a novidade foram reveladas: a ASRock C621A WS, a Gigabyte MU92-TU1 e a MU92-TU0.

ASRock C621A WS (Imagem: Reprodução/WCCFTech)

A C621A WS é equipada com quatro slots PCI-E 4.0 x16 e três PCI-E 4.0 x8, havendo espaço para até quatro GPUs ou FPGAs no formato dual-slot. A placa suporta até 8 módulos de memória, em um total de 2 TB de RAM. Para conexão de rede, há duas portas 10 GbE LAN que operam em conjunto com o controlador X710-AT2 da Intel, e uma 1 GbE LAN gerenciada pelo Intel i210.

Gigabyte MU92-T0 (Imagem: Reprodução/WCCFTech)

As soluções da Gigabyte apresentam configurações semelhantes, mas se destacam por também serem compatíveis com a série Ice Lake-SP para servidores. Há 8 slots de memória com suporte à série Optane Persistent Memory 200, duas portas 10 GbE LAN, duas portas SATA III, uma M.2, sete slots PCI-E 4.0 x16 e quatro USBs.

Threadripper ainda mostra superioridade

Apesar de ainda não terem sido analisados por veículos especializados, os novos processadores Xeon W3300 já estão nas mãos de alguns sites, como o AnandTech, que realizou testes preliminares em comparação com rivais da família Threadripper PRO 3000. Os resultados foram mistos, mas com maior vantagem para os chips da AMD, especialmente em cargas de trabalho que dependem de número maior de núcleos.

Os testes do AnandTech mostram algumas vitórias para o novo chip da Intel (Imagem: AnandTech)

A empresa de benchmarks Puget Systems também divulgou alguns testes em programas como V-Ray e Cinebench R23, nos quais foi possível notar uma liderança mais significativa para os Threadripper. Essa diferença mais pronunciada, no entanto, pode ser resultado de um bug que impede os Xeon de performar corretamente no perfil balanceado de energia.

Os testes do Puget Systems, no entanto, mostraam vantagens claras para a família Threadripper (Imagem: Divulgação/Puget Systems)

Ainda assim, já se esperava que os processadores da AMD abrissem boa margem de vantagem — não apenas pela maior contagem de núcleos, como também pela eficiência mais elevada. A situação deve ficar mais complicada para a Intel com a chegada da linha Threadripper 5000, baseada na microarquitetura Zen 3, aguardada para agosto.

Preço e disponibilidade

A família Intel Xeon W330 será disponibilizada globalmente nas próximas semanas, ainda que datas mais específicas não tenham sido anunciadas. O W3375 tem preço sugerido de US$ 4,499 (cerca de R$ 23 mil, em conversão direta), enquanto o W3365 será vendido por US$ 3,499 (R$ 18 mil).

O W3345 custará US$ 2,499 (R$ 12.800), e o W3335 sairá por US$ 1.299 (R$ 6.660). Por fim, o W3323 tem preço sugerido de US$ 949 (R$ 4.870). Gigabyte e ASRock ainda não anunciaram detalhes de preço e disponibilidade das placas.

Linha Intel Xeon W3300: ficha técnica

Processador Núcleos/Threads Clock Base Boost (single-core) Boost (multi-core) Cache PCI-E 4.0 Lanes Consumo (TDP) Capacidade de Memória Configuração de Memória
Intel Xeon W3375 38/76 2,5 GHz 4,0 GHz 3,3 GHz 57 MB 64 270 W 4 TB 8 channel DDR4-3200
Intel Xeon W3365 32/64 2,7 GHz 4,0 GHz 3,5 GHz 48 MB 64 270 W 4 TB 8 channel DDR4-3200
Intel Xeon W3345 24/48 3,0 GHz 4,0 GHz 3,7 GHz 36 MB 64 250 W 4 TB 8 channel DDR4-3200
Intel Xeon W3335 16/32 3,4 GHz 4,0 GHz 3,7 GHz  24 MB 64 250 W 4 TB 8 channel DDR4-3200
Intel Xeon W3323 12/24

3,5 GHz

3,9 GHz

3,7 GHz 21 MB 64 220 W 4 TB 8 channel DDR4-3200

Fonte: WCCFTech (1, 2), AnandTech

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.