Celular com tela de 90 Hz ou 120 Hz? Saiba qual é a diferença

Por Felipe Freitas | 04 de Dezembro de 2020 às 15h30

Desenvolver aparelhos com grandes taxas de atualização de Hertz por segundo (Hz) é a mais nova tendência entre smartphones da última geração como o iPhone 12 com 60Hz e o Mi 10 Ultra que possui uma taxa de 120Hz.

No entanto, telas com taxa de atualização de 90 a 120 Hz já existiam em smartphones específicos do mercado gamer como, por exemplo, o ROG Phone II que é um celular mais voltado para fãs de jogos mobile com grandes taxas de atualização por segundo.

Mas diante dessa novidade, surgem também novos questionamentos para os consumidores: quais são as diferenças entre telas de 90 Hz e 120 Hz? Como isso é perceptível em um smartphone?

Pensando na melhor experiência do leitor, a equipe Canaltech separou um material com tudo o que você precisa saber sobre telas e taxa de atualização em Hz.

Como funciona a frequência Hz em telas de smartphone

A taxa de atualização, remete a quantas vezes a tela é atualizada por segundo, o que não deve ser confundido com FPS (Taxa de frames por segundo) por se tratarem de medidas diferentes.

A maioria dos smartphones de hoje em dia, contam com um taxa padrão de 60 Hz, ou seja, esses atualizam a imagem 60 vezes por segundo, que é a mesma taxa de atualização perceptível através do olho humano.

Como funciona a frequência Hz em telas de Smartphone - (Imagem: Reprodução/ Canaltech)

Nessa perspectiva, como a taxa de atualização é a quantidade de vezes que a tela de seu celular é capaz de atualizar uma imagem (quadro) por segundo, telas de 90 Hz exibem cerca de 90 quadros por segundo, enquanto telas de 120 Hz conseguem reproduzir até mesmo o dobro da grande maioria dos dispositivos no mercado.

90 Hz e 120 Hz: quais as principais diferenças

Entre as principais diferenças perceptíveis entre um celular com uma maior taxa de atualização de sua tela, é a fluidez em gestos e movimentos realizados no celular, ou seja, proporciona um aspecto de navegação mais fluída para o usuário, com animações mais suaves.

Sendo assim, se você é um usuário comum e está migrando de um smartphone com 60 Hz, provavelmente sentirá uma maior diferença na transição entre aplicativos em telas de 90 Hz ou 120 Hz.

Para os fãs de jogos mobile, o aumento da taxa de atualização já melhora a experiência no potencial gráfico de seus jogos, mesmo os mais exigentes como Genshin Impact e Fortnite.

Vale a pena investir em um celular com 90 Hz ou 120 Hz?

Depende. O principal fator determinante serão as suas necessidades como usuário. Caso você, esteja procurando por um smartphone com aspecto fluído e animações otimizadas, investir em um celular com uma tecnologia de tela de 90Hz ou mais, pode ser um ótimo negócio.

A configuração pode ser um benefício ainda maior, aos usuários interessados em uma melhor performance gráfica durante jogos mobile que exigem um pouco mais de seu smartphone com dinamismo em tela, nesse sentido, a tecnologia faz com que os quadros de suas animações sejam atualizados com mais frequência melhorando a visualização de efeitos e movimento.

No entanto, aos demais usuários a configuração também pode ser interessante pela maneira na qual a tecnologia aprimora a navegação em seu smartphone com transições e animações suaves.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.