Perdeu o imposto de renda 2022? Veja como declarar e pagar multa

Perdeu o imposto de renda 2022? Veja como declarar e pagar multa

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 03 de Junho de 2022 às 14h20
harrycollinsphotography/envato

O prazo para enviar a declaração imposto de renda de 2022 chegou ao fim na terça-feira (31). Mas quem não conseguiu fazer isso ainda pode declarar com atraso. Para isso, use as plataformas eletrônicas do IR, que calculam os impostos pendentes e emitem o Darf para pagar multa e correções monetárias.

A multa por entrega da declaração fora do prazo é de 1% por mês (ou fração de mês) de atraso sobre o valor total do imposto de renda devido em 2021, mesmo que tenha pago esse valor integralmente. Portanto, quanto mais rápido você pagar, menos dinheiro você perderá. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74, e o máximo é de 20% do seu IR calculado sobre os rendimentos do ano passado.

O recolhimento deve ser pago até a data de vencimento informada no Darf. Normalmente este prazo vence 30 dias após a entrega da declaração. Caso a multa seja paga com atraso, serão acrescidos juros de mora com base na taxa Selic vigente (atualmente, 12,75%).

Como declarar o Imposto de Renda 2022 atrasado

Para emitir o Darf atualizado, o contribuinte deverá primeiro enviar a declaração atrasada de 2022. Basta seguir os mesmos passos durante o período do prazo: baixe os programas de acordo com o seu sistema operacional — ou entre na declaração online no site da Receita —, preencha seus rendimentos, pagamentos e bens e envie o documento. A diferença é que você deve receber uma notificação de multa e o arquivo do Darf para pagar a multa.

Portal e-CAC da Receita Federal permite imprimir o Darf da multa do Imposto de Renda 2022 (Imagem: Reprodução/Receita Federal)

Outro caminho, caso não possa imprimir o Darf no momento, é acessar o portal e-CAC da Receita Federal com sua conta Gov.br. Depois, clique em Certidões e Situação Fiscal > Consulta Pendências - Situação Fiscal. Lá o Darf mais recente poderá ser acessado novamente e impresso.

Quem atrasar o pagamento desta multa precisará emitir novamente o Darf pelos passos acima pagar mais juros. No caso dos contribuintes com direito a restituição, o valor da multa será descontado do imposto pendente, também com juros.

Quem não declarar e/ou pagar o imposto de renda devido e multas por atrasos poderá ficar com o CPF irregular, o que bloqueia acesso a serviços como empréstimos, cartão de crédito, emissão de passaportes, matrícula em escolas e até prestação de concursos públicos.

Fonte: Notícias e Concursos, Seu Dinheiro

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.