Publicidade

IRPF 2024 | Qual é o valor cobrado sobre os ganhos?

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 12 de Março de 2024 às 13h35

Link copiado!

Reprodução/Freepik
Reprodução/Freepik
Tudo sobre Receita Federal

Quem declara Imposto de Renda (IRPF) pode ter dúvidas sobre qual é o valor cobrado sobre os ganhos — considerando que os números costumam mudar anualmente. Apesar de o Governo sugerir que todo cidadão declare seus rendimentos para o fisco, pessoas com renda mensal de até R$ 2.259,20 estão isentas do pagamento das taxas. A partir desse valor, os contribuintes devem pagar uma porcentagem equivalente à sua renda mensal, sendo a taxa mínima de 7,5% e a máxima de 27,5%.

O recolhimento do IRPF 2024 acontece no período entre 15 de março e 31 de maio, sendo possível baixar um programa da Receita Federal para realizar o envio da declaração.

Tabela do Imposto de Renda 2024

Continua após a publicidade

A alíquota presente na tabela do Imposto de Renda varia conforme a renda mensal do contribuinte, de maneira que, quanto maior for o salário de um trabalhador, maior será a porcentagem aplicada.

Confira a tabela da base de cálculos, a seguir:

Base de cálculo do Imposto de RendaBase de cálculo AlíquotaParcela a deduzir
Até 2.259,20IsentoIsento
De R$ 2.259,21 até R$ 2.826,657,5%R$ 169,44
De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,0515%R$ 381,80
De 3.751,06 até R$ 4.664,6822,5%R$ 662,77
Acima de R$ 4.664,6827,5%R$ 896,00

Essa tabela é usada como base para o cálculo do valor que será retido dos salários mensalmente. As empresas são responsáveis por calcular o valor descontado e repassar para o estado.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Como calcular o valor do Imposto de Renda?

A tabela é usada como base para estabelecer o valor da alíquota, no entanto é preciso entender como essa porcentagem é aplicada. O cálculo é fundamental para os trabalhadores entenderem os descontos aplicados ao longo do ano no contracheque e o valor retido na fonte.

Para calcular o Imposto de Renda, os cidadãos precisam ter os seguintes dados:

  • Valor do salário bruto;
  • Valor da dedução por despesas;
  • Valor da dedução por dependentes;
  • INSS multiplicado pela Alíquota.
Continua após a publicidade

Com esses valores em mãos, basta aplicar a fórmula a seguir:

  • Imposto de Renda retido na fonte = [(Salário bruto - dependentes - INSS) X alíquota] - dedução

Tomando como exemplo o salário base de R$ 5 mil e aplicando a alíquota de 27,5% conforme a tabela de 2024, o cálculo do imposto seria:

  • R$ 5 mil x 27,5% = R$ 1.375
  • R$ 1.375 – R$ 896 = R$ 479
Continua após a publicidade

Portanto, para uma renda mensal de R$ 5 mil, a retenção do imposto na fonte seria de R$ 479.

Os cidadãos que possuem dependentes declarados no seu Imposto de Renda têm direito à redução (dedução) de R$ 2.275,08 do imposto por cada dependente. Vale destacar que a dedução desse valor é anual, ou seja, não é necessário fazer a dedução mensalmente.

No quesito despesas dedutíveis, estão inclusos valores usados para:

Continua após a publicidade
  • Educação (creche, escola ou faculdade);
  • Saúde (exames, tratamentos, gastos hospitalares, dentista, etc);
  • Contribuição de previdência privada;
  • Pensões alimentícias;
  • Previdência social;
  • Valores advocatícios;
  • Doações.

Além disso, você até pode informar contribuições sindicais, aluguel e sublocação, mas vale avisar que esses itens não entram na dedução de IRPF. Em outras palavras, você pode até informá-los, mas esses valores não são dedutíveis — confira seis dicas para aumentar o valor da restituição

Você confere todas as informações sobre cálculo, além de prazo, isenção, consulta e restituição e declaração no guia completo preparado pelo Canaltech.