Microsoft encerra produção do adaptador para Kinect

Por Redação | 03 de Janeiro de 2018 às 13h42

Originalmente, quando lançado em 2013, o Xbox One exigia que o sensor Kinect estivesse conectado ao console, e, dentre as tantas decisões equivocadas que a Microsoft tomou na época, esta foi apenas mais uma a causar uma repercussão negativa por parte dos usuários do videogame.

Anos depois, o Xbox One S foi lançado sem a saída dedicada ao Kinect e, por tabela, o mesmo aconteceu com o Xbox One X. Aos que desejavam ainda assim usufruir do acessório nas duas últimas versões do Xbox One (S e X), era preciso utilizar um adaptador dedicado.

Então, após encerrar a produção do Kinect para os consoles Xbox 360 e Xbox One há alguns meses, agora a Microsoft anuncia que irá parar de fabricar também o adaptador do acessório para Xbox One S e Xbox One X.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Os usuários e entusiastas do sensor de movimentos poderão ficar decepcionados com esta decisão de descontinuá-lo, ainda mais porque o Kinect é necessário para falar com a Cortana e para jogar alguns títulos exclusivamente feitos para ele, como Kinect Sports Rivals, Fruit Ninja Kinect 2, Dance Central Spotlight e jogos mais antigos da franquia Just Dance.

Os estúdios que desenvolvem games exclusivamente para o Kinect já demonstram preocupação com a notícia. O Virtual Air Guitar Company, por exemplo, é apenas um entre tantos grupos de desenvolvedores que demonstra certa dificuldade quando se trata de competir no mercado de jogos com títulos dedicados a um acessório em decadência.

Agora, com a mudança, a batalha ficará ainda mais difícil, uma vez que os jogadores estarão pouco dispostos a gastar com um adaptador que será vendido por um preço mais alto, devido à sua descontinuidade.

Todavia, um porta-voz da Microsoft revelou ao site Polygon que a decisão de parar a fabricação do adaptador para Kinect foi tomada de maneira cuidadosa. Além disso, a empresa agora possui o objetivo de focar-se na produção de novos acessórios requisitados pelos usuários do Xbox One e Windows 10, o que pode iniciar um novo ciclo de tecnologias a serem implementadas às plataformas em questão – tais como o HoloLens e o headset Mixed Reality.

Fonte: Windows Central, Polygon

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.