Jogar FIFA é um bom exercício para o coração, aponta estudo

Jogar FIFA é um bom exercício para o coração, aponta estudo

Por Lucas Arraz | Editado por Bruna Penilhas | 06 de Outubro de 2021 às 15h01
Divulgação/Electronic Arts

Um estudo realizado pela Cassino, em parceria com a Universidade de Leeds no Reino Unido, concluiu que uma partida de FIFA equivale a um dia de exercícios ou uma corrida para o seu coração. A pesquisa chegou aos resultados ao avaliar os batimentos cardíacos e a resposta emocional de 10 jogadores frequentes da franquia da EA em partidas contra desconhecidos.

Em momentos de mais emoção durante o jogo, como quando um gol é mercado, a frequência cardíaca de parte dos jogadores alcançou a faixa de 140 batimentos por minuto (BPM), superando resultados alcançados por adultos durante um treino cardiovascular moderado, como uma corrida (cerca de 135 BPM). A frequência cardíaca permanece alta mesmo após as partidas, ajudando a reduzir os índices de estresse e de ansiedade, apontou a universidade.

Jogar uma partida de FIFA pode fazer coração bater para valer (Imagem: Divulgação/Cassino.ORG)

A pesquisa tinha como objetivo medir as respostas fisiológicas e psicológicas causadas por FIFA em jogadores regulares. O jogo possui uma reputação por supostamente provocar altos níveis de raiva e ansiedade, fenômeno conhecido como “FIFA rage”. A tese ficou comprovada nos resultados, mas apenas como parte do processo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Os pesquisados reportaram uma redução de estresse sentido após as partidas do jogo. A pesquisa concluiu com base nessas respostas, que jogar o simulador de futebol pode diminuir as percepções de ansiedade, além de contribuir para uma rotina semanal de exercícios cardiovasculares. Jogar contra desconhecidos causou altos níveis de excitação, ansiedade e aumento da frequência cardíaca em 70% dos pesquisados, quando gols foram marcados pelos oponentes.

Ao todo, 10 jogadores regulares de FIFA foram recrutados para a pesquisa e foram monitorados durante 10 partidas cada um, contra o computador, contra conhecidos e contra desconhecidos no online. Todos os analisados jogaram a versão de 2020 do game.

O lançamento mais recente da franquia da EA que pode fazer bem para saúde é FIFA 22, lançado em 1º de outubro para PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X, Series S e PC.

Fonte: Cassino.org

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.