FIFA Ultimate Team | Como montar um bom time sem gastar dinheiro?

FIFA Ultimate Team | Como montar um bom time sem gastar dinheiro?

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 14 de Junho de 2021 às 17h05
Felipe Ribeiro/ Canaltech

O Fifa Ultimate Team, ou somente FUT, é o modo de jogo mais acessado pelos jogadores de FIFA 21. O formato é muito atrativo e faz com que percamos horas não apenas dentro das quatro linhas, mas também montando nossos times para torná-lo cada vez mais forte e imparável nas partidas online.

Para formar essas equipes, precisamos adquirir pacotes de jogadores, habilidades, contratos, itens consumíveis e até mesmo itens cosméticos e de montagem de estádios. Para comprar tudo isso, o jogo permite que gastemos as moedas ganhas nas partidas e missões, além dos Fifa Points, que são negociados com dinheiro de verdade e fazem com que muitas pessoas pelo mundo gastem uma verdadeira fortuna.

Mas, mesmo com esse aditivo do dinheiro de verdade, é possível montar um bom time no FIFA Ultimate Team sem gastar muito dinheiro. Para provar isso, o Canaltech separou 5 dicas para você montar um bom time no FUT sem gastar dinheiro.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

5. Faça moedas logo de cara

Logo que iniciamos o FUT ganhamos um time bem fraquinho, mas diversos outros pacotes com jogadores melhores e até atletas por empréstimo. Para fazer uma boa quantidade de moedas e partir para a compra de cartas com peças de melhor nível, venda tudo o que conseguir logo no começo de sua jornada.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Assim, com uma boa sequência de pacotes você pode montar um time minimamente competitivo e capaz de ganhar pontos nos diferentes modos de jogo dentro do FUT, como Squad Battles e o Division Rivals. E quanto mais jogos ganhar e jogar, mais moedas você terá à disposição para fazer equipes mais fortes.

4. Monte um elenco baseado no custo-benefício

Logo depois de fazer caixa, é hora de montar o time. Em um primeiro momento, com exceção às cartas não-negociáveis e atletas por empréstimo que realmente façam a diferença, esqueça as grandes estrelas do futebol mundial e se preocupe mais com o entrosamento da equipe e com o nível de cada um desses jogadores que você comprar ou ganhar.

É sempre bom economizar, até mesmo dinheiro de mentira (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Desse modo, além de ter um time mais robusto para enfrentar outros jogadores, você economizará um dinheiro que não terá mais volta, uma vez que é necessário fazer a manutenção de contratos para continuar a utilizar determinados jogadores.

Além disso, se você tiver mais disponibilidade, procure sempre conquistar os objetivos traçados dentro do FUT, sobretudo ao jogar o Squad Battles e a Weekend League. Desse modo é possível ganhar premiações mais interessantes e, como citamos acima, vender determinadas cartas para reforçar o seu caixa.

3. Fique de olho no mercado de transferências

O mercado de transferências é onde o bicho pega dentro do FUT. Em um esquema bem parecido com o que acontece no Carreira, você deve comprar e vender jogadores para tentar obter algum lucro ou uma carta que torne seu time ainda mais forte. A grande vantagem, porém, é que aqui podemos ser mais assertivos e ir atrás do que realmente precisamos para dar um upgrade na equipe.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Principalmente no começo, procure sempre visar o lucro e fazer com que suas negociações te tragam mais moedas. Ao acumular esse capital, será mais fácil de comprar o jogador desejado e fazer sua formação ficar mais competente sem a necessidade de usar seu cartão de crédito.

2. Use e abuse das promoções e prêmios

A sempre criticada EA, vira e mexe, aproveita a popularidade de eventos esportivos e acontecimentos isolados no esporte para oferecer promoções e cartas supervaliosas e que podem lhe render mais vitórias. Um exemplo recente foi com o sorteio da fase de oitavas de final da Copa Libertadores da América, quando a empresa disponibilizou vários jogadores presentes no certame em pacotes gratuitos.

Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Em muitos casos, os jogadores sorteados nos pacotes nem de longe possuem os níveis verdadeiros, tampouco os apresentados na Libertadores dentro do jogo, como o caso do meia equatoriano Billy Arce, da LDU de Quito/EQU (foto acima).

1. Jogadores por empréstimo

Na mesma linha das promoções, os jogadores por empréstimo, mesmo não sendo aqueles que estamos precisando na hora, podem dar uma grande ajuda nas partidas. Lembrem-se sempre: por mais que haja inúmeros mecanismos, o FUT se ganha dentro de campo, e um time com atletas melhores sempre te coloca mais próximo de gols e vitórias.

Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech

Sendo assim, quando você receber os pacotes semanais de jogadores para empréstimo, busque sempre aquele que vai fazer o nível de sua equipe melhorar e decidir jogos.

✖✖

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.