Amazon anuncia Luna para competir com streaming de games Stadia e xCloud

Por Ramon de Souza | 24 de Setembro de 2020 às 22h20
Divulgação: Amazon
Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

A Amazon acaba de expandir ainda mais as suas áreas de atuação ao adentrar com força no mercado de games. A marca de Jeff Bezos revelou, nesta quinta-feira (24), a Luna, sua própria plataforma de streaming de jogos que funciona nos mesmos moldes do Google Stadia. Não é necessário baixar nada: as obras são transmitidas via streaming para seu dispositivo, usando a poderosa e respeitada infraestrutura da Amazon Web Services.

A Luna custará, neste primeiro momento para os primeiros usuários, US$ 5,99 por mês (cerca de R$ 33), assinatura que lhe dá direito a acessar um catálogo crescente de jogos e brincar em até dois dispositivos simultaneamente. Será possível usar a plataforma em computadores Windows e macOS, televisores via Fire TV e web apps para iPhones e iPads; por enquanto, nada foi dito sobre o sistema Android.

Os games vão rodar a 1080p, com “alguns títulos selecionados” sendo compatíveis com resolução 4K; vale lembrar que é recomendado ter uma conexão de 10 GB para que não haja interrupções na jogatina. Embora a Amazon não tenha divulgado uma lista oficial de obras que estarão disponíveis no lançamento da Luna, imagens de divulgação revelam obras como Bloodstained, Assassin’s Creed: Valhalla, Resident Evil 7, The Surge 2, Watch Dogs: Legion e Sonic Mania.

Luna Controller: a cereja do bolo

Mas o grande destaque para o anúncio fica mesmo para o Luna Controller, um gamepad sem fio exclusivo que dispensa a conectividade Bluetooth e se comunica diretamente com os servidores na nuvem da Amazon. Isso faz com que a latência caia para até 17 milissegundos (contra 30 milissegundos de um Bluetooth convencional), além de dispensar a necessidade de pareá-lo com diferentes gadgets.

Imagem: Divulgação/Amazon

Ademais, é claro que a companhia não deixaria de embutir a assistente pessoal Alexa no controle — basta apertar um botão e ordenar que ela execute determinado título usando sua voz. Por enquanto, a Amazon Luna está com um formulário aberto para receber convites para o período de acesso antecipado, mas o sistema só estará disponível, por enquanto, para internautas dos EUA — não há previsão para uma disponibilidade global.

Fonte: Amazon

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.