Amazon deve entrar na briga pelo streaming de jogos a partir de 2020

Por Claudio Yuge | 20 de Novembro de 2019 às 21h30
shutterstock
Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

A próxima temporada promete ser a mais competitiva da história do mercado de streaming até agora. Além de serviços de conteúdo musical e audiovisual, as companhias também devem passar a investir pesado nos games pela nuvem. O Google Stadia foi lançado esta semana, o Playstation Now já aumentou sua oferta e o Project xCloud realiza neste momento sua fase experimental aberta em alguns países. Só que tem mais uma gigante de olho na disputa dessa seara: a Amazon.

Os rumores foram ventilados pelo CNet, que teria ouvido a informação de duas fontes próximas da companhia de Jeff Bezos. A Amazon teria começado a recrutar profissionais de outras grandes do setor de jogos, a exemplo da Microsoft, e estaria também anunciando vagas para “uma nova iniciativa” na equipe do Amazon Web Services.

"Acreditamos que a evolução que começou com as comunidades de games a cada trimestre e evoluiu para as transmissões ao vivo e e-sports devem seguir para um futuro em que todos poderão criar, competir, colaborar e se conectar em grande escala ", diz uma das listagens de emprego. Vale lembrar que a Amazon é dona da Twitch, uma das mais populares plataformas de lives de jogatina — o que deve ajudar bastante em um plano integrado de lançamento.

Plataforma de streaming de jogatinas Twitch pode ter grande importância nos próximos planos da Amazon
(Imagem: Reprodução/Twitch)

A Amazon, por enquanto, não confirma nada. Mas, dada a participação de outras gigantes nesse mercado, é possível que Jeff Besos não queira ficar de fora de alguma fatia desse setor, principalmente porque a estrutura do bem-sucedido Prime Video pode “emprestar” o conhecimento suficiente para a implantação de mais um serviço de streaming — desta vez, de jogos.

Fonte: The Verge  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.