Intel oferecerá experiências com drones, 5G e realidade virtual nas Olimpíadas

Por Redação | 21 de Junho de 2017 às 15h40
photo_camera Divulgação

Nesta quarta-feira (21), a Intel anunciou que acaba de bater o martelo em uma parceria com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para levar aos próximos Jogos Olímpicos experiências com a produção de vídeos em 360º, internet 5G, drones e realidade virtual.

Ainda que as Olimpíadas de Tóquio só aconteçam em 2020, as novidades já começarão a acontecer em 2018, quando rolam os Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang, na Coreia do Sul. As experiências também serão estendidas para as Olimpíadas de Inverno de Pequim, em 2022, e para as Olimpíadas de 2024, que ainda não têm sede definida.

Brian Krzanich, presidente da Intel, comemora a parceria dizendo que “estamos animados ao unirmos as tecnologias inovadoras da Intel ao Movimento Olímpico para avançar a experiência com os Jogos Olímpicos aos fãs de todo o mundo”. Ele disse ainda que “por meio desta colaboração com a família Olímpica, nós vamos acelerar a adoção de tecnologia para o futuro dos esportes no maior palco de atletas do mundo”.

A conexão 5G será oferecida durante o evento esportivo, demonstrando publicamente o potencial da alta velocidade. Já para demonstrar como a transmissão de eventos esportivos pode ser levada a um outro patamar com as novas tecnologias, a Intel exibirá jogos em realidade virtual, transportando os espectadores para dentro dos locais onde acontecerão as disputas, ainda que virtualmente. E, por fim, a exibição de vídeos de replay em 360º será um recurso inédito nas Olimpíadas, sendo que a empresa promete capturar imagens de maneira nunca antes vista, utilizando drones para sobrevoar as partidas e obter ângulos nunca dantes vistos nas transmissões.

Fonte: Intel

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.