SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Via Láctea pode ter trilhões de planetas que não orbitam estrelas

Por| Editado por Patricia Gnipper | 25 de Julho de 2023 às 13h29

Link copiado!

NASA/JPL-Caltech
NASA/JPL-Caltech

Parece que a quantidade de exoplanetas que viajam livremente pelo espaço, sem estarem gravitacionalmente ligados a estrelas, é ainda maior do que se pensava. É o que dizem novos estudos, que examinaram a descoberta de um novo mundo deste tipo, bem como o potencial de outros semelhantes existirem na Via Láctea.

As novas pesquisas foram elaboradas com base em uma hipótese apresentada em 2020, que sugeria que existiriam mais planetas órfãos do que estrelas em nossa galáxia. Os autores trabalharam também com os resultados do levantamento MOA (Microlensing Observations in Astrophysics), elaborado ao longo de nove anos.

Como as estimativas atuais sugerem que existam pelo menos 100 bilhões de estrelas na Via Láctea, o novo estudo indica que, no mínimo, dois trilhões de exoplanetas solitários estão flutuando livremente pela galáxia. “Estimamos que nossa galáxia tem pelo menos 20 vezes mais planetas órfãos que estrelas”, disse David Bennett, coautor dos dois novos estudos.

Continua após a publicidade

Um novo mundo do tipo já parece ter sido encontrado, sendo apenas o segundo planeta solitário conhecido. Ele foi revelado por meio de uma microlente gravitacional, um método que usa algum objeto massivo como uma lente que amplia a luz do que está atrás. Neste caso, o objeto foi o próprio planeta e sua gravidade conforme passou em frente a uma estrela distante. O exoplaneta recém-encontrado não parece ter muitas características parecidas com a Terra além de sua massa.

Os dois estudos dão um gostinho do que esperar do futuro telescópio Nancy Grace Roman. Ele deve ser lançado nos próximos anos, e quando iniciar suas operações, vai dedicar sua missão ao estudo da energia e matéria escura, busca de exoplanetas e mais. É possível que o novo telescópio encontre em nossa galáxia até 400 exoplanetas órfãos e de massa semelhante à da Terra.

Os estudos foram aceitos para publicação na revista The Astronomical Journal.

Continua após a publicidade

Fonte: NASA