Veja vídeos de um meteoro "explodindo" no céu da Flórida

Veja vídeos de um meteoro "explodindo" no céu da Flórida

Por Wyllian Torres | Editado por Patrícia Gnipper | 13 de Abril de 2021 às 13h30
NWS Tampa Bay

Na noite de segunda-feira (12), o céu de West Palm Beach, na Flórida, foi cruzado por uma grande bola de fogo. O fenômeno, que ocorreu por volta das 22h (no horário local), chamou a atenção e assustou os espectadores com seu forte brilho. Nas redes sociais, surgiram alguns registros do momento em que a então noite calma foi surpreendida com o objeto cortando o céu.

Embora tenha assustado muita gente, o objeto se tratava de um bólido — um meteoro com tamanho suficiente para queimar por mais tempo ao cruzar a atmosfera, normalmente com uma explosão ao final. Em outras palavras, é uma grande estrela cadente; mas nem tão grande a ponto de apresentar uma ameaça. No vídeo abaixo, o repórter Jay O’Brien, compartilhou o momento em que o meteoro cruza o céu durante a transmissão de sua live. Veja:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Muita gente pensou que pudesse se tratar do asteroide 2021 GW4, o qual estava previsto para atingir seu ponto mais próximo da Terra ontem, mas pela manhã. Além disso, asteroides são pequenos corpos rochosos que orbitam o Sol. O 2021 GW4, por exemplo, tem um tamanho estimado entre 3 a 7 metros. Embora tenha passado relativamente perto, o centro de monitoramento da NASA informou que o objeto caminha para longe da Terra sem apresentar ameaças.

Um meteoro, por sua vez, pode ser formado por um fragmento de asteroide ou de um cometa que, ao atingir a atmosfera do nosso planeta, queima por conta do seu atrito com o ar. Pedaços pequenos se desintegram em poucos segundos, mas os maiores levam mais tempo, além de proporcionar mais brilho — no caso dos bólidos —, como o registrado ontem:

O astrônomo Jonathan McDowell, do Center for Astrophysics, disse em seu Twitter que o fenômeno se tratava apenas de uma bola de fogo e nada tinha a ver com a passagem do asteroide 2021 GW4. O Serviço Meteorológico Nacional de Tampa Bay, na Flórida, registrou com seu satélite geoestacionário o brilho do meteoro.

(Imagem: Reprodução/NWS Tampa Bay)

Fonte: NPR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.