Veja o que acontece com os astronautas durante uma manobra da ISS

Veja o que acontece com os astronautas durante uma manobra da ISS

Por Wyllian Torres | Editado por Rafael Rigues | 05 de Maio de 2022 às 11h40
ESA

Um novo vídeo da Agência Espacial Europeia (ESA) mostra o que acontece com os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) quando os propulsores dela são ativados. Frequentemente a ISS precisa ser manobrada para reajustar sua órbita e, enquanto isso, a tripulação permanece “inerte” em seu interior, embora pareça o contrário.

Apesar de orbitar a Terra a cerca de 400 km de altitude, a ISS ainda sofre com os efeitos do arrasto gerado pelo atrito contra a atmosfera, por mais fina que seja a essa altitude, o que faz o laboratório orbital "descer" uma média de 100 metros por dia. Por isso, periodicamente é necessário usar os propulsores da estação, ou de espaçonaves conectadas a ela, para reposicioná-la.

Você deve ter aprendido nas aulas de física sobre a inércia, resumida na frase: "um objeto em repouso tende a permanecer em repouso até que uma força seja aplicada sobre ele". E no espaço, em um ambiente de microgravidade, isso é mais evidente: um astronauta "em repouso", flutuando dentro da estação, tende a manter sua posição mesmo quando ela se move, algo que é demonstrado no vídeo acima.

Quem está se movendo não são os astronautas, mas sim a estação, durante uma manobra de reposicionamento. Eles permanecem flutuando na mesma velocidade e direção anteriores à ativação dos propulsores, acrescenta a ESA, que explica que o vídeo foi acelerado oito vezes para que o movimento ficasse mais evidente.

Os tripulantes parecem bastante empolgados com a manobra da ISS, fazendo “fila” para flutuar de uma unidade para a outra, principalmente o europeu Matthias Maurer, que estava em sua primeira missão espacial.

Além de colocar a ISS em sua posição operacional, a manobra serve para otimizar a chegada de futuras naves ao laboratório orbital. A agência europeia acrescenta que a manobra foi realizada por uma nave de carga russa acoplada a ISS, a Progress 79. Os motores da nave foram ativados por vários minutos até que a estação fosse colocado em sua órbita correta.

Fonte: Via Futurism

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.