Veja a paisagem marciana nesta incrível foto panorâmica tirada pelo Curiosity

Por Daniele Cavalcante | 04 de Março de 2020 às 21h40
NASA/JPL-Caltech/MSSS

A NASA divulgou uma imagem impressionante de Marte, capturada pelo rover Curiosity. Esta é a vista panorâmica de maior resolução do Planeta Vermelho até o momento, composta por mais de 1.000 fotografias tiradas pela Mast Camera - ou Mascam - do robô exploratório.

Nela, há nada menos do que 1,8 bilhão de pixels capturados por uma lente teleobjetiva durante o feriado de Ação de Graças de 2019, enquanto a equipe da missão estava de férias. A lente de ângulo médio do Curiosity também produziu outro panorama de baixa resolução e quase 650 milhões de pixels, que inclui o convés e o braço robótico do rover.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Panorama de Marte montado com uma sequência de mais de 1.000 fotografias capturadas pelo rover Curiosity (Imagem: NASA/JPL-Caltech/MSSS)

As imagens que compõem os panoramas foram cuidadosamente reunidas nos meses seguintes. Os dois cenários mostram uma região chamada Glen Torridon, localizada ao lado do Monte Sharp, onde o Curiosity está fazendo sua exploração científica. Foram necessárias mais de 6 horas e meia ao longo dos quatro dias de feriado para que o Curiosity captasse as fotos individuais.

Para isso, os operadores da Mastcam programaram uma complexa lista de tarefas para o rover, tudo para garantir que as imagens estivessem em foco. Para uma iluminação consistente, eles programaram a captura de imagens entre o meio-dia e as 14h (na hora local de Marte) todos os dias.

Bem, a imagem acima pode não dar a noção exata dos detalhes de Marte que esse panorama nos oferece. Por isso, a NASA também compartilhou um vídeo que, além de ampliar várias vezes alguns lugares interessantes da paisagem - sempre com nitidez impecável -, mostra também o nome de cada região, além de alguns instrumentos científicos do Curiosity em alta resolução.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.