Rover Curiosity completa 7 anos em Marte e continua fazendo novas descobertas

Por Patrícia Gnipper | 06 de Agosto de 2019 às 17h20
NASA
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

A NASA comemora nesta semana 7 anos de missão do rover Curiosity em Marte, Ele pousou no Planeta Vermelho em 2012 e, desde então, vem fazendo descobertas sem precedentes sobre o planeta que é nosso próximo vizinho no Sistema Solar. A agência espacial revelou que o robô já percorreu um total de 21 km, subindo 368 metros para chegar aonde está no momento.

Entre outras coisas, o rover descobriu que Marte teve condições de abrigar algum tipo de vida microbiana em seu passado mais longínquo, por exemplo. E sua missão ainda está longe de terminar: o Curiosity acabou de perfurar sua 22ª amostra da superfície marciana, e ainda vai funcionar por mais alguns anos até que seu sistema de energia nuclear fique degradado o suficiente a ponto de limitar, de maneira significativa, o seu desempenho.

No momento, o rover está posicionado em uma região de Marte ao lado do monte Sharp, numa "unidade argilosa", como os cientistas a chamam, dentro mesmo da Cratera Gale. Nesta região, há bilhões de anos, havia riachos e lagos dentro da cratera, com a água alterando o sedimento depositado nos lagos, o que deixou minerais de argila na região. E é justamente isso que vem sendo estudado agora pelo rover da NASA.

O Curiosity, na verdade, encontrou argila em áreas onde a sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO) não havia detectado lá do alto (a sonda é orbital), e isso levou os cientistas a questionarem o que estaria causando a diferença entre as descobertas orbitais e as da superfície. O rover agora está analisando mais amostras, e parou para nos enviar uma imagem panorâmica de 360 graus da região que explora agora.

(Foto: NASA)

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.