Turista que fará spacewalk na ISS passará até 100 minutos "andando" no espaço

Por Danielle Cassita | 06 de Julho de 2020 às 21h00
Divulgação

No final de junho,  a startup Space Adventures firmou um contrato com a agência espacial russa Roscosmos para que dois turistas visitem a Estação Espacial Internacional (ISS) a bordo de uma nave Soyuz, sendo que um deles poderá fazer uma caminhada espacial do lado de fora da estação. Agora, mais detalhes deste passeio foram revelados.

De acordo com um representante da Space Adventures, a caminhada espacial deverá durar entre 90 e 100 minutos, que é mais ou menos o tempo que a ISS leva para orbitar a Terra. O spacewalk turístico será feito junto de um cosmonauta profissional. E já fica o aviso: por não terem a experiência e o treinamento necessários, os turistas não poderão passar longos períodos do lado exterior da estação como os astronautas profissionais estão acostumados a fazer.

(Foto: NASA)

Mesmo assim, durante o spacewalk, os turistas vão poder observar a Terra de diferentes ângulos. Pavel Vinodgradov, cosmonauta russo, já mencionou que o primeiro turista espacial que caminhar fora da estação poderá fazer alguns experimentos e tirar fotos da Terra. Para Gennadiy Padalka, a cosmonauta russa que bateu o recorde de maior tempo no espaço (879 dias), esse passeio é uma oportunidade única que, atualmente, é oferecida apenas pela Rússia - o que coloca o país em posição privilegiada no atual mercado do turismo espacial. 

O voo que levará esses dois turistas à ISS, com um deles protagonizando a caminhada espacial, deverá ocorrer em 2023.

Fonte: Space Daily

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.