Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Starship: foguete da SpaceX explodiu por culpa do oxigênio líquido

Por| Editado por Patricia Gnipper | 17 de Janeiro de 2024 às 11h46

Link copiado!

SpaceX
SpaceX

Parece que o foguete Starship, da SpaceX, teve desempenho melhor que o esperado em seu último teste de voo. O veículo explodiu cerca de oito minutos após o lançamento — e  segundo Elon Musk, CEO da empresa, o desfecho se deve ao descarte do oxigênio líquido.

O primeiro teste de voo do Starship aconteceu em abril do ano passado, e foi encerrado com a detonação controlada do foguete devido a problemas na separação dos estágios. Já o segundo voo, feito em novembro, mostrou melhor desempenho. 

“Então, o Voo 2 na verdade quase chegou à órbita”, explicou Musk em durante uma apresentação das novidades na empresa, que foi publicada no X, o antigo Twitter. Segundo ele, o Starship explodiu devido à liberação de oxigênio líquido — o qual não estaria lá se alguma carga útil estivesse no veículo. “Então, ironicamente, se ele tivesse uma carga útil, teria alcançado a órbita”, acrescentou.  

Continua após a publicidade

Ainda, o CEO acrescentou que acredita que há chances altas de o Starship alcançar a órbita em seu próximo teste de voo, que ainda não tem data definida para acontecer. No momento, a Administração Federal de Aviação (agência que regula voos nos Estados Unidos) está investigando o desfecho da missão anterior. 

Se tudo correr bem durante as análises, é possível que o protótipo do Starship seja lançado outra vez em breve. “Esperamos que a licença [para o próximo voo] venha em fevereiro. Então, parece que o Voo 3 vai acontecer em fevereiro deste ano”, sugeriu Jessica Jensen, vice-presidente de operações e integração de clientes na SpaceX.