SpaceX: protótipo do Starship explode ao pousar após teste de voo bem sucedido

SpaceX: protótipo do Starship explode ao pousar após teste de voo bem sucedido

Por Danielle Cassita | 10 de Dezembro de 2020 às 17h20
Reprodução/Jack Beyer/Twitter

Na noite de quarta-feira (9), a SpaceX fez seu maior teste de voo com o protótipo SN8, do veículo espacial Starship. Durante o “salto” de cerca de sete minutos de duração, o veículo alcançou a altitude de 12,5 quilômetros e se guiou de forma autônoma, com sucesso, até um local mais afastado, onde acabou explodindo ao pousar. Elon Musk, CEO da empresa, fez questão de elogiar o procedimento em alguns tuítes publicados em sua conta: "Marte, aqui vamos nós!", disse — afinal, o Starship é o veículo que levará humanos ao Planeta Vermelho, de acordo com os planos da companhia.

Este protótipo é alimentado por três motores Raptor, mas a versão final deverá ter seis deles. Neste último voo de teste, o SN8 obteve sucesso em praticamente todas as etapas, incluindo o acionamento e desativação de propulsores e flaps, com o veículo se movendo horizontalmente e então verticalmente para volar ao solo. Contudo, a velocidade no momento do pouso acabou ficando acima do esperado, e o SN8 acabou explodindo em uma bola de fogo — testemunhada por observadores que estavam no local.

Confira a transmissão completa do teste:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Ter mais um protótipo destruído não significa, entretanto, que o procedimento não teve resultados positivos — muito pelo contrário, tanto que a SpaceX inseriu um banner com a mensagem “teste incrível; parabéns, equipe Starship!” no final da transmissão, logo após a explosão. Musk também apresentou seu entusiasmo e observou que o teste alcançou os objetivos desejados. Além disso, o CEO explicou que a pressão do tanque estava baixa durante a ignição de pouso, de modo que a velocidade no momento acabou sendo alta e causou a explosão. “Mas conseguimos todos os dados que precisávamos! Parabéns, equipe SpaceX!”, diz.

Jeff Bezos, CEO da Amazon, também parabenizou a SpaceX. Em um comunicado mais detalhado, os oficiais da empresa explicaram que o foguete de testes do Starship ascendeu com sucesso, fez a transição com o propelente e fez a manobra de pouso com controles precisos dos flaps para alcançar o ponto de pouso. Segundo a SpaceX, a baixa pressão no tanque de combustível principal durante o pouso fez com que a velocidade fosse alta, o que resultou na bola de fogo que vimos.

Mesmo antes do voo, a SpaceX ressaltou que realizar um teste perfeito não é o que indica um sucesso: "com um teste desse, o sucesso não é medido com os objetivos alcançados, mas sim com o tanto que podemos aprender, o que irá nos informar e aumentar a probabilidade de sucesso no futuro conforme a SpaceX avança rapidamente no desenvolvimento do Starship", explica a empresa. A ideia do procedimento era coletar dados sobre como é o desempenho dos motores Raptor durante o voo, além de informações sobre as características aerodinâmicas do Starship em escala real. Desta vez, o veículo já tinha “nariz” em cone e flaps instalados em suas laterais.


Apesar do inconveniente da explosão, o protótipo SN8 voou no maior teste já feito pela SpaceX — seus antecessores SN5 e SN6 não foram além dos 150 metros de altitude. Além disso, o procedimento mostra o avanço que a SpaceX vem apresentando no desenvolvimento de seu veículo que, cada vez mais, está próximo de ser finalizado para partir em missões distantes: a empresa planeja lançar o Starship para a órbita junto do poderoso foguete Super Heavy, que compoõe o conjunto. Depois que estiver no espaço, os motores do Starship poderão levá-lo a destinos como a Lua e Marte — planeta que Musk pensa em povoar com 1 milhão de pessoas em 2050.

Fonte: The Verge, SpaceflightNow

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.