SpaceX é a empresa escolhida para lançar módulo de pouso lunar em 2022

Por Danielle Cassita | 31 de Agosto de 2020 às 12h27
Andrew McCarthy
Tudo sobre

SpaceX

Saiba tudo sobre SpaceX

Ver mais

No início do ano, a NASA selecionou a empresa Masten Space Systems para gerenciar a entrega de oito cargas úteis ao polo sul lunar, como parte do programa Artemis. Assim, na última semana, a Mastern anunciou a contratação da SpaceX, que deverá levar o lander lunar XL-1 para nosso satélite natural. O lançamento deverá ocorrer em 2022.

Esta será a primeira missão da Masten na Lua, e será realizada em colaboração com o projeto Commercial Lunar Payload Services (CLPS) Project Office, da NASA. Assim, o XL-1 deverá levar para a Lua um conjunto de instrumentos científico patrocinados pela agência espacial, além de cargas úteis variadas de outros clientes comerciais. Os instrumentos irão realizar algumas tarefas por lá, como o mapeamento da composição da Lua e sua temperatura, fotografia da geologia lunar e coleta de amostras de materiais na região. O lander irá levar também um pequeno rover, que vai procurar sinais de água por lá.

Conceito do lander lunar XL-1 (Imagem: Masten Space Systems)

Sean Mahoney, CEO da Masten, está otimista com a parceria entre as duas empresas: "ter o sucesso comprovado de lançamento da SpaceX não é ótimo apenas para nós, mas também para nossos clientes", comentou. Stephanie Bednarek, diretora sênior de vendas da SpaceX, declarou que a empresa está maravilhada por lançar a missão um da Masten à Lua. “A SpaceX foi fundada com o objetivo de estender o alcance da humanidade para além da Terra, e é empolgante fazer parte de uma missão com tantos parceiros que compartilham a mesma visão”.

O voo da Masten irá representar mais uma parte NASA no programa de entregas para a Lua; os dois primeiros contratos anteriores da iniciativa foram feitos com a Intuitive Machines, que também contratou os serviços da SpaceX para o transporte, e a Astrobotic, que trabalhou com a United Launch Alliance. Essas duas missões serão lançadas no ano que vem.

Fonte: Space.com, Masten Space Systems

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.