Perdeu o último eclipse lunar? Aqui tem as fotos mais incríveis do fenômeno!

Por Daniele Cavalcante | Editado por Patrícia Gnipper | 26 de Maio de 2021 às 13h05
Observatório Alma/Pablo Carrillo

Um eclipse lunar ocorreu nesta madrugada de quarta-feira (26), pouco antes do amanhecer. Por sinal, este eclipse coincidiu com a superlua, nome popular para quando nosso satélite natural está no perigeu (o ponto de sua órbita mais próximo da Terra). Isso acontece uma vez a cada mês, mas, quando ocorre ao mesmo tempo em que a Lua está na fase cheia, ela é apelidada de superlua. Ou seja: este eclipse lunar foi mais do que especial. Mas, dado o horário em que o fenômeno aconteceu, muitas pessoas não conseguiram observá-lo.

Só que vivemos em uma época em que a tecnologia nos permite acesso ao trabalho de fotógrafos incríveis, de qualquer lugar do mundo, sem complicações, e também registros feitos por observatórios espaciais profissionais. Ou seja: mesmo sem ter testemunhado o eclipse ao vivo, podemos conferir imagens de tirar o fôlego, capturadas por pessoas em diversos lugares do mundo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Durante a superlua, o disco lunar pode parecer um pouco maior e mais brilhante no céu, mas essa diferença não é muito perceptível aos olhos humanos. Ela atingiu o perigeu às 22h50 da terça-feira (25), quando ficou a 357.311 km da Terra — essa é a distância mais próxima que ela consegue chegar de nosso planeta. A fase cheia iniciou oficialmente às 05h47 da quarta-feira, mas, mesmo antes disso, sua aparência já estava praticamente a mesma de uma Lua cheia.

O eclipse também começou neste horário, e alguns países do hemisfério Norte tiveram o privilégio de acompanhar um eclipse total. A maior parte do hemisfério Sul — na face terrestre onde ainda era noite — observou um eclipse parcial, com metade do disco lunar coberto pela umbra, a sombra da Terra.

Um eclipse lunar ocorre quando o Sol e a Lua estão precisamente em lados opostos da Terra. Isso faz com que a Terra bloqueie parte da luz do Sol que atinge a Lua cheia, mas isso não escurece a Lua por completo. Na verdade, parte da luz solar atravessa a nossa atmosfera e chega à superfície lunar. Isso explica a cor avermelhada do eclipse.

Veja as melhores fotos do eclipse lunar

View this post on Instagram

A post shared by Garry Hunter (@grunter6)

View this post on Instagram

A post shared by Jon (@j_mac15)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.