Publicidade

Nave espacial da Boeing chega atrasada à ISS após falha

Por| Editado por Luciana Zaramela | 06 de Junho de 2024 às 16h44

Link copiado!

NASA
NASA

A cápsula Starliner, da Boeing, chegou à Estação Espacial Internacional (ISS) na quinta (6). O contato com o laboratório orbital aconteceu às 14h34 no horário de Brasília, um pouco após o horário previsto inicialmente para a acoplagem. 

No cronograma original, a nave deveria ter chegado ao laboratório orbital às 13h15. A acoplagem demorou mais que o esperado porque cinco dos 28 propulsores da nave falharam durante a aproximação, mas felizmente, a equipe da missão conseguiu recuperar quatro deles. 

Antes de os astronautas iniciarem seus períodos de descanso, as equipes da missão identificaram três vazamentos de hélio na espaçonave: um deles foi discutido antes do lançamento na quarta (5), e os outros dois aconteceram após a chegada à órbita. Os tubos de hélio foram fechados para controlar os vazamentos enquanto os astronautas dormiam, e deois, foram abertos antes das operações de acoplagem. 

Continua após a publicidade

De qualquer forma, os astronautas da NASA  Butch Wilmore e Suni Williams chegaram em segurança ao laboratório orbital após 27 horas de viagem. Grande parte da acoplagem foi feita de forma autônoma, mas Wilmore assumiu o controle manual durante a etapa final da aproximação. 

“Muito bom estar preso à cidade grande no céu”, comentou Wilmore ao Centro de Controle da Missão em Houston, nos Estados Unidos. Após a finalização da acoplagem, os astronautas precisaram conduzir vários procedimentos padrão, como a pressurização da passagem entre a cápsula e a ISS. 

Tudo dando certo, eles vão ser recebidos por astronautas dos Estados Unidos e da Rússia, que estão no laboratório orbital no momento. Wilmore e Williams devem passar cerca de oito dias na ISS, e depois, vão voltar à Terra na Starliner. 

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Fonte: NASA