Musk diz que ETs construíram as pirâmides do Egito e é rebatido por cientistas

Por Natalie Rosa | 03 de Agosto de 2020 às 18h55
Reprodução: Patricia Gnipper

Mais uma vez Elon Musk, o CEO da SpaceX, chamou atenção devido a opiniões controversas publicadas em seu Twitter oficial. No dia 31 de julho, o executivo postou que alienígenas "obviamente" haviam construído as pirâmides do Egito. Até o fechamento desta nota, o tweet já contava com mais de 98 mil respostas e quase 550 mil curtidas, viralizando o suficiente para chamar a atenção do país que liga o nordeste da África ao Oriente Médio.

No dia seguinte, então, Rania A. AI Mashat, ministra do turismo do Egito, respondeu ao bilionário fazendo um convite para que ele visite o país e confira os registros históricos originais que comprovam como as pirâmides foram construídas por humanos, conferindo as estruturas de perto.

"Eu acompanho o seu trabalho com muita admiração. Eu convido você e a Space X para explorar os escritos sobre como as pirâmides foram construídas e também para conferir os túmulos dos construtores das pirâmides. Sr. Musk, estamos esperando por você", disse a ministra, finalizando a mensagem com um emoji de foguete.

Imagem: Reprodução/Pixabay

Além de Mashat, o arqueologista e egiptólogo Dr. Zahi Hawass publicou um vídeo no Facebook também rebatendo a afirmação de Musk, dizendo que o seu argumento é "uma alucinação completa". O cientista revelou ainda que ele mesmo encontrou as tumbas das pessoas que construíram as pirâmides, o que comprova que não só foram os egípcios os responsáveis, como também eles não eram escravos, como muitas pessoas ainda pensam.

De acordo com o site Egypt Today, Hawass afirmou que pensou em não comentar nada sobre os tweets de Musk, mas que percebeu que as notícias falsas estão por todos os lugares mesmo sem contarem com evidências científicas. No dia seguinte ao tweet inicial, Musk acabou publicando o link de um artigo da BBC que explica, com as palavras de especialistas, como as pirâmides foram construídas.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.