Publicidade

Meteoro ilumina o céu de cidades do Rio de Janeiro; veja o vídeo!

Por| Editado por Patricia Gnipper | 09 de Março de 2022 às 10h45

Link copiado!

Reprodução/exossorg/Twitter
Reprodução/exossorg/Twitter

Um meteoro brilhou no céu de algumas cidades do Rio de Janeiro durante a noite desta segunda-feira (7). Em vídeos registrados por câmeras de monitoramento do projeto EXOSS, voltado para o estudo dos meteoros, vemos um objeto bastante brilhante riscando o céu, acompanhado por um rastro luminoso. Segundo relatos de observadores, o meteoro tinha brilho esverdeado.

A passagem do objeto foi registrada pelas câmeras do projeto EXOSS, organização sem fins lucrativos que estuda as origens, natureza e características das órbitas dos meteoros. Em um dos vídeos da instituição, vemos o meteoro brilhando no céu da cidade de Petrópolis, aproximadamente às 22h30.

Confira:

Continua após a publicidade

De acordo com registros na plataforma do projeto, o objeto também pôde ser visto em São Paulo, e tinha brilho esverdeado. “Foi um rastro da esquerda para a direita, logo se apagando da cauda até o final”, descreveu um usuário identificado como Ricardo Luiz S. Por enquanto, não há informações sobre o tamanho ou composição do meteoro.

Marcelo De Cicco, coordenador do Exoss, acredita que, provavelmente, o evento foi causado por algum pequeno fragmento de cometa ou asteroide. Ao entrar na atmosfera terrestre em alta velocidade, o resto de material foi vaporizado devido ao impacto cinético. O objeto deste evento pode ser considerado um bólido, nome designado a meteoros mais brilhantes que Vênus, que explodem ou se fragmentam antes de tocar o solo.

Quando isso ocorre, fortes sons podem ser ouvidos. Cerca de 5.000 bólidos caem na Terra todos os anos, mas apenas uma parte deste total pode ser observada. Isso acontece porque eles costumam aparecer em áreas isoladas ou nos oceanos. Além disso, é comum que apareçam em horários sem pessoas acordadas para vê-los. Por fim, há vários deles que passam pelo céu durante o dia, acabando ofuscados pela luz do Sol.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Fonte: EXOSS, Uol; Via: Swinburne University of Technology