Publicidade

Meteoro de 450 kg explode no céu do Texas e causa estrondo

Por| Editado por Patricia Gnipper | 20 de Fevereiro de 2023 às 13h30

Link copiado!

Universidade de Alberta
Universidade de Alberta

Na quarta-feira (15), um meteoro explodiu no céu do Texas, nos Estados Unidos. Durante a passagem pela atmosfera, a rocha espacial formou uma bola de fogo brilhante o suficiente para ser detectada pelos satélites do Serviço Meteorológico Nacional do país; depois, ela explodiu, causando um forte som.

A rocha passou pela cidade de McAllen no fim da tarde. Segundo análises preliminares da divisão de Pesquisa em Astromateriais e Ciência da Exploração, da NASA, o meteoro pesava cerca de 450 kg e media 60 cm de diâmetro. “O ângulo e velocidade da entrada, junto de assinaturas em imagens de radares meteorológicos, são consistentes com outras quedas naturais de meteoritos”, acrescentaram, em um comunicado.

Um morador registrou vídeos que mostram o som e um rápido tremor causado pela explosão:

Continua após a publicidade

O som causado pela explosão da rocha surpreendeu moradores no estado. Cesar Torres, chefe da polícia local, afirmou a repórteres durante uma coletiva de imprensa que os funcionários receberam algumas ligações de moradores que relataram ter ouvido “explosões”, e outros que descreveram estrondos tão fortes que tremeram as paredes de construções.

Na publicação, a NASA destaca que os dados de radar e de outras fontes indicam que o fenômeno deixou pequenos meteoritos em solo. “Os meteoritos se resfriam rapidamente, e normalmente não oferecem riscos para o público”, acrescentaram, no comunicado.

Tanto a agência espacial quanto autoridades locais destacaram que a passagem do meteoro é um lembrete importante da necessidade de monitoramento das rochas espaciais. “O meteoro observado no céu de McAllen é um lembrete da necessidade de a NASA e outras organizações ampliarem nossa compreensão e proteção da Terra”, finalizaram.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Fonte: NASA