Meteoro "bola de fogo" iluminou o céu no litoral dos EUA; veja vídeos

Meteoro "bola de fogo" iluminou o céu no litoral dos EUA; veja vídeos

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 29 de Setembro de 2021 às 13h20
Brandon Warren

Na última sexta-feira (24), um meteoro do tipo “bola de fogo” iluminou o céu de cidades no litoral do estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, e foi observado por mais de 80 pessoas. Segundo informações da American Meteor Society, organização científica sem fins lucrativos que incentiva e apoia pesquisas sobre meteoros, o objeto atravessou a atmosfera a mais de 50.000 km/h.

A NASA descreve que houve inúmeros relatos de pelo menos cinco bolas de fogo no céu observadas naquela norte, sendo que grande parte dos relatos está associada ao meteoro em questão. Ainda não há informações sobre o tamanho da rocha, mas já se sabe que atravessou o litoral e ficou visível a 77 km acima do oceano, por volta das 19h40 no horário local, e seguiu através da atmosfera superior da Terra. O meteoro se desintegrou 45 km acima da cidade de Morehead.

Há pelo menos dois vídeos da passagem da rocha espacial — e você assiste um deles abaixo, feito por uma câmera instalada na porta de uma casa em Rowland Pond. Perceba o meteoro brilhando e deixando um rastro luminoso no céu antes de desaparecer:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Meteoros são objetos espaciais que, ao atravessar a atmosfera da Terra, deixam rastros brilhantes. Às vezes, pode acontecer de serem tão brilhantes quanto Vênus, o que permite que sejam observados até mesmo durante o dia — daí recebem o apelido "bola de fogo". Isso se deve tanto às grandes dimensões dos objetos quanto à alta velocidade com que se movem, que resulta em grande fricção com a atmosfera terrestre.

Geralmente, os meteoros não oferecem riscos, mas podem causar danos sérios se explodirem em vez de apenas se queimarem — em 2013, um meteoro explodiu na cidade de Chelyabinsk, na Rússia, e criou uma explosão equivalente a cerca de 30 vezes a energia liberada pela bomba atômica de Hiroshima. Naquele dia, houve danos em construções, janelas foram quebradas e aproximadamente 1.200 pessoas ficaram feridas. Um meteorito foi encontrado em uma cidade próxima à da explosão.

Fonte: Live Science

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.