ISS está com vazamento de ar acima do normal e terá todas as escotilhas fechadas

ISS está com vazamento de ar acima do normal e terá todas as escotilhas fechadas

Por Daniele Cavalcante | 21 de Agosto de 2020 às 11h21
Divulgação

A NASA comunicou nesta quinta-feira (20) que há um pequeno vazamento de ar na Estação Espacial Internacional (ISS), acima do nível considerado normal. Embora os tripulantes atualmente a bordo não corram nenhum risco imediato, eles passarão o fim de semana no segmento russo do laboratório orbital, dentro do módulo de serviço Zvezda.

No momento, a tripulação da ISS é composta pelo comandante Christopher Cassidy e os engenheiros de voo russos Anatoli Ivanishin e Ivan Vagner, lançados no dia 17 de abril de 2020 a bordo da nave Soyuz MS-15. Assim, há espaço o suficiente para todos no módulo Zvezda - até porque era exatamente lá em que os astronautas ficavam quando a ISS ainda estava sendo montada, no ano 2000.

Zvezda, o módulo Russo da ISS onde a tripulação ficará por enquanto (Imagem: Reprodução/NASA)

Geralmente, os astronautas podem ficar bem à vontade dentro da estação, sem a necessidade de muitos cuidados com despressurização. Mas o laboratório orbital nunca é totalmente hermético e sempre há um pouco de ar vazando com o tempo. Por isso, existe uma rotina de pressurização para voltar aos níveis mais adequados. O problema agora é que o vazamento está um pouco acima do normal - mas ainda dentro do considerado seguro, de acordo com as especificações da ISS.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Este vazamento já havia sido detectado em setembro de 2019, quando havia "indicações de um ligeiro aumento acima da taxa de vazamento de ar padrão", de acordo com o comunicado da NASA. A agência demorou um pouco para reunir dados o suficiente a respeito por causa das demais operações de rotina, como as caminhadas espaciais e as chegadas e partidas de tripulações. Agora que a taxa aumentou ligeiramente, a NASA está trabalhando em um plano para identificar onde está o problema e consertar as coisas por lá.

Novamente, nada disso é motivo para preocupação, e o vazamento não representa perigo imediato para a tripulação. Até porque os astronautas passam por simulações de vazamento durante o treinamento antes de serem enviados à ISS, então eles já estão preparados para seguir os protocolos de casos como este. Entre as medidas de segurança, a estação terá todas as suas escotilhas fechadas neste fim de semana e os controladores da missão poderão realizar testes para monitorar a pressão do ar em cada módulo.

Esses testes devem ser suficientes para descobrir qual módulo está com a taxa de vazamento acima do normal. Logo que isso for feito, especialistas norte-americanos e russos deverão fornecer os resultados preliminares para revisão no final da próxima semana, de acordo com a NASA.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.