Publicidade

Europa se prepara para voltar ao espaço com foguete Ariane 6

Por| Editado por Luciana Zaramela | 08 de Julho de 2024 às 11h22

Link copiado!

ESA–L. Bourgeon
ESA–L. Bourgeon

O foguete europeu Ariane 6 deve voar pela primeira vez na terça (9). O lançamento deve acontecer a partir das 15h (horário de Brasília) nas instalações do espaçoporto europeu em Kourou, na Guiana Francesa. A janela de lançamento vai durar quatro horas.

A ideia é que o Ariane 6 leve à órbita baixa da Terra nove cubesats e experimentos não-orbitais — entre eles, estão duas cápsulas de reentrada, que vão atravessar a atmosfera do nosso planeta e vão enfrentar altas temperaturas.

Após o lançamento das cargas úteis, o estágio superior do foguete vai iniciar o retorno à Terra. No entanto, a Agência Espacial Europeia (ESA) observa que o veículo não vai sobreviver, sendo queimado durante a reentrada.  

Continua após a publicidade

Operado pela francesa Arianespace em nome da ESA, o Ariane 6 vai substituir o antigo Ariane 5, foguete aposentado em 2023 após completar quase 120 lançamentos. 

O novo foguete passou quase uma década em desenvolvimento e deveria ter feito seu voo inaugural em 2020. No entanto, problemas técnicos somados à pandemia da COVID-19, bem como a invasão da Rússia na Ucrânia, levaram a ESA a alterar o cronograma. 

É esperado que o novo lançador alcance a marca de nove a 12 lançamentos anuais em 2026. “Este é um grande momento para a Europa, já que este foguete vai assegurar nosso acesso garantido e autônomo ao espaço — e a toda a ciência, observação da Terra, desenvolvimento de tecnologia e possibilidades comerciais relacionadas”, escreveram os oficiais da ESA. 

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

 

Fonte: ESA